Periodicidade: Diária

11/26/2022

  • comercioenoticias

COMISSÃO DE UTENTES DE RIO MAIOR REALIZA TRIBUNA PÚBLICA


A Comissão de Utentes dos Serviços Públicos do Concelho de Rio Maior, estrutura descentralizada do MUSP - Movimento de Utentes de Defesa dos Serviços Públicos do Distrito de Santarém vai realizar no próximo sábado, 2 de julho, a partir das 09h30, na Praça da República, junto do edifício da Câmara Municipal de Rio Maior, uma Tribuna Pública, com Concentração, subordinada ao tema “Está nas tuas mãos defender o SNS!”.

A Comissão de Utentes de Rio Maior reivindica médicos de família para todos os utentes, num concelho onde mais de 7 mil pessoas não têm.

Esta Comissão pretende também que as Extensões de Saúde de Alcobertas e de São João da Ribeira abram diariamente com um horário digno.

Outras das reivindicações deste Movimento é a abertura de concursos para preenchimento dos lugares de quadro dos médicos, enfermeiros, assistentes administrativos e técnicos operacionais, bem como resolver de vez o problema do atendimento por telefone no Centro de Saúde de Rio Maior.

Por fim a Comissão de Utentes dos Serviços Públicos do Concelho de Rio Maior pretende que seja alargado o horário de funcionamento durante a semana, fim de semana e feriados do AC - Atendimento Complementar do Centro de Saúde, para poder funcionar como porta de entrada do Serviço Nacional de Saúde.


PUB.


Augusto Figueiredo, líder desta Comissão, refere que “neste período os utentes dos serviços públicos do concelho de Rio Maior vivem momentos muito difíceis relativamente à qualidade da prestação dos serviços”, realçando que “a saúde é o bem mais valioso da vida de um ser humano! Sem saúde nada é feito!”.

O porta-voz da Comissão de Utentes dos Serviços Públicos do Concelho de Rio Maior destaca ainda que “os cuidados primários de saúde são a porta de entrada do SNS! A matriz do SNS assenta na prevenção e não na remediação! O funcionamento justo do Centro e das extensões de saúde, incluindo as encerradas é decisivo para garantir o acesso de todos à saúde, em particular os mais vulneráveis em territórios rurais e sem acesso a transportes públicos”.

Por fim, Augusto Figueiredo refere que “o SNS está bem conseguido e é das maiores conquistas do Povo Português! O que esteve e está errado são as políticas dos governos que não resistindo nem afrontando os monopólios, interesses financeiros e os grandes grupos económicos vão abrindo portas a negócios chorudos! É tempo de Defender o SNS que está na Constituição!”, concluiu.


PUB.


800 visualizações0 comentário

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/5

press to zoom
Lino Martins - site
Lino Martins - site

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7

onde comer

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9
telefonesuteis.jpg

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9
bannered.png
314012987_493269782858541_8091892627052110800_n.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg