• comercioenoticias

CINCO INSTITUIÇÕES DO CONCELHO DO CARTAXO SÃO CANDIDATAS AO PARES


Pedro Magalhães Ribeiro, informou o executivo municipal, na reunião de Câmara Municipal que decorreu no dia 3 de maio, que “cinco instituições do concelho do Cartaxo, se candidataram ao PARES”. O autarca, que preside por inerência ao Conselho Local de Ação Social, explicou que o CLAS emitiu, por unanimidade, parecer positivo às candidaturas. O autarca, informou ainda que os projetos que estiveram em análise na “última reunião do CLAS, a reunião de dia 22 de abril, preveem a criação de novas respostas sociais ou alargamento das já existentes, em duas áreas – apoio a idosos e apoio a pessoas com deficiência”.

O parecer unanime do CLAS reconheceu “a enorme importância que os projetos representam para a população do nosso concelho, permitindo alargar respostas sociais em valências que hoje têm listas de espera”, afirmou pedro Magalhães Ribeiro.

Fernando Amorim, vereador responsável pelo pelouro de Ação Social e Saúde, informou que “caso os projetos sejam aprovados no âmbito do PARES, o concelho passará a contar com mais 18 vagas em lar residencial para pessoas portadoras de deficiência e mais 99 vagas em estruturas residenciais para idosos, todas ao abrigo de acordo de cooperação com a Segurança Social”.


PUB.


As cinco instituições do concelho que apresentaram candidatura ao PARES 3ª Geração, foram a APPACDM (Associação Portuguesa dos Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental), para alargamento do Lar Residencial da Casa João Manuel, a Associação Centro de Dia de Pontével, o Centro de Dia da Lapa e o Centro Social Paroquial da Ereira, estes, para criação de estruturas residenciais para idosos (ERPI) e a Santa Casa da Misericórdia do Cartaxo, para realização de obras de beneficiação no Lar de São João com vista ao reforço da segurança e bem estar dos seus utentes e colaboradores, explicou Fernando Amorim.

Para o autarca, “a aprovação destes projetos, quer pelo aumento de vagas no âmbito das respostas sociais com acordo de cooperação, quer pela melhoria da segurança e bem-estar dos utentes e colaboradores, como é o caso da candidatura da Santa Casa da Misericórdia, são fator de esperança para toda a comunidade”.

O PARES, agora na sua 3.ª geração, atua em respostas sociais concretas, promovendo a criação de novos lugares em creches, facilitando a conciliação da vida familiar com a vida profissional; no reforço dos serviços de apoio domiciliário e dos centros de dia, promovendo as condições de autonomia das pessoas idosas; no aumento do número de lugares em lares de idosos associados a situações de maior dependência; e comtempla a integração de pessoas com deficiência pelo incremento da rede de respostas residenciais e de centros de atividades ocupacionais.


PUB.


32 visualizações0 comentário

1/8

1/9

1/7
Lino Martins - site
Lino Martins - site

Bicharada - Site
Bicharada - Site

Lino Martins - site
Lino Martins - site

1/9
Extreme Peste - Site
Extreme Peste - Site

Extreme Peste - Site
Extreme Peste - Site

1/8

onde comer

1/10
telefonesuteis.jpg

Periodicidade: Diária

8/2/2021

coronavirus.jpg
bannered.png
NOVO SANTA CASA - COVID.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg