Periodicidade: Diária

12/8/2022

  • comercioenoticias

CENSOS 2021 REVELAM QUE O CONCELHO DE RIO MAIOR PERDEU 171 HABITANTES NOS ÚLTIMOS 10 ANOS


Hoje, dia 28 de julho, o Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou os Resultados Preliminares do XVI Recenseamento Geral da População e VI Recenseamento Geral da Habitação – Censos 2021, menos de 4 meses após o momento censitário, dando cumprimento à estratégia de difusão prevista no Programa de Ação para os Censos 2021.

Os Resultados Preliminares dos Censos 2021 revelam que a população residente em Portugal é 10 347 892.

Na última década Portugal regista um decréscimo populacional de 2,0% e acentua o padrão de litoralização e concentração da população junto da capital. O Algarve e a Área Metropolitana de Lisboa são as únicas regiões que registam um crescimento da população, sendo o Alentejo aquela que regista o decréscimo mais expressivo.

Portugal registou um ligeiro crescimento do número de edifícios e de alojamentos destinados à habitação, embora num ritmo bastante inferior ao verificado em décadas anteriores.

Residem em Portugal 10 347 892 pessoas, a maioria do sexo feminino

Segundo os Resultados Preliminares dos Censos 2021 residiam em Portugal à data do momento censitário, dia 19 de abril de 2021, 10 347 892 pessoas, das quais 4 917 794 homens (48%) e 5 430 098 mulheres (52%).

Portugal regista na última década um decréscimo populacional de 2%

Nos últimos 10 anos a população residente em Portugal reduziu-se em 214 286 pessoas, representando um decréscimo populacional de 2,0%. Em termos censitários, a única década em que se verificou um decréscimo populacional foi entre 1960 e 1970.

A população residente em 2021 tem um valor próximo do registado em 2001 quando residiam em Portugal 10 356 117 pessoas.


PUB.


As únicas regiões NUTSII que registaram um crescimento da população entre 2011 e 2021 foram o Algarve (3,7%) e a Área Metropolitana de Lisboa (1,7%). As restantes regiões viram decrescer o seu efetivo populacional, com o Alentejo a observar a quebra mais expressiva com -6,9%, seguindo-se a Região Autónoma da Madeira com -6,2%

No Distrito de Santarém apenas o concelho de Benavente ganhou população nos últimos 10 anos, registando-se um aumento de 728 pessoas, sendo que todos os restantes 20 concelhos assinalam uma queda populacional, sendo o Entroncamento e Rio Maior aqueles que registaram a menor redução. O concelho do Entroncamento com 0,3% e o de Rio Maior com 0,8%.

Relativamente ao concelho de Rio Maior registou uma descida de 171 casos. Em 2011 o concelho tinha 21 192, contando em 2021 com 21 021, uma quebra de 0,8%.

Abrantes foi o concelho do Distrito de Santarém que mais habitantes perdeu nos últimos 10 anos (4.974), logo seguido de Tomar com 4.233.


PUB.


801 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/6

press to zoom
Lino Martins - site
Lino Martins - site

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7

onde comer

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9
telefonesuteis.jpg

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9
bannered.png
314012987_493269782858541_8091892627052110800_n.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg