• comercioenoticias

CALDAS DA RAINHA: JOVEM PRATICANTE DE BADMINTON MORRE APÓS CIRURGIA CARDÍACA


Complicações pós-operatórias, na sequência de uma cirurgia cardíaca, provocaram na última sexta-feira, 30 de julho, a morte de Tomás Sacramento, de apenas 16 anos de idade, praticante de badminton no MVD – Movimento Desportivo de Badminton, de Caldas da Rainha, atleta que integrava a UAARE - Unidade de Apoio ao Alto Rendimento de Badminton.

Tomás Sacramento, que era considerado uma grande promessa da modalidade, sofria de um problema congénito detetado à nascença, o que obrigou na altura a uma intervenção cirúrgica.

O jovem, residente nas Caldas da Rainha, foi na última terça-feira sujeito a nova intervenção cirúrgica cardíaca, aparentemente sem grandes riscos. Apesar de tudo indicar que a operação tinha decorrido de forma muito positiva, a verdade é que Tomás terá entrando em coma e não mais acordou.

O MVD, o clube que o atleta representava expressou de imediato a sua dor: “Muito obrigado por te teres cruzado no caminho de todos os atletas, treinadores e dirigentes no nosso clube. Relembrar-te-emos para sempre como um bom amigo, irmão e excelente atleta. Aos amigos e família as nossas mais sinceras condolências, muita força”.


PUB.


Também a Federação Portuguesa de Badminton lamentou a morte prematura deste jovem atleta, através de uma nota de pesar: “Faleceu, em consequência de problemas pós-operatórios, um dos nossos mais promissores jogadores da modalidade, atleta da UAARE: O Tomás! O Tomás Sacramento. Na flor da idade, com toda uma vida para conhecer e percorrer, partilhando a amizade dos seus pais, avós, irmã e demais família e amigos, repentinamente, deixou-nos, passando a ocupar um lugar no céu”.

A Federação Portuguesa da modalidade diz ainda que “fica esta ausência eterna que o tempo, lentamente, irá diluindo por força da habituação que acompanha o homem, levando-o a acabar por se render e aceitar o destino, por mais cruel que este se identifique e apresente”.

A concluir esta nota de pesar, a Federação Portuguesa de Badminton refere ainda: “Natural e residente na cidade das Caldas da Rainha, perdurará, para sempre, na memória de todos nós a gentil e simpática presença do Tomás: Como jogador, como amigo, como filho, como rapaz educado, generoso, feliz e amante da vida! À família enlutada, as nossas mais sentidas e sinceras condolências”.


PUB.


1,444 visualizações0 comentário

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8