• comercioenoticias

CALDAS DA RAINHA ABRE SEGUNDO CENTRO DE TESTES


O concelho de Caldas da Rainha conta a partir de ontem, 20 de abril, com o segundo centro de testes Covid-19, no Pavilhão Rainha D. Leonor. Numa parceria entre a Câmara Municipal e o laboratório Germano de Sousa, o centro tem capacidade para realizar entre 80 a 100 testes diários, garantindo o rastreio a lares e IPSS daquele concelho.

Este centro surge da necessidade de reduzir as listas de espera e conta com colaboradores do município na linha de apoio, para efetuarem as marcações por telefone. Os testes podem ser realizados de segunda a sexta-feira, entre as 14h00 e as 18h00, e requerem prescrição médica do Centro de Saúde ou do sistema privado. Os resultados estão disponíveis entre 24 a 48 horas e são entregues por e-mail, para evitar contacto em papel.


PUB.


Segundo o presidente da Câmara Municipal das Caldas da Rainha, Fernando Tinta Ferreira, “tem sido efetuado um esforço no sentido de aumentar o número de testes diário. Neste momento não há falta de testes nem de reagentes, mas o uso dos testes deve ser feito de forma muito racional, porque não se sabe quanto tempo durará esta fase. Já foram realizados cerca de 500 testes, passados pelos médicos do Centro de Saúde.”

Fernando Tinta Ferreira garante, ainda, que está a ser negociado o pagamento de 700 testes para os funcionários do município, num investimento de 35 mil euros por parte da Câmara Municipal das Caldas da Rainha.

“O laboratório está também disponível para poder fazer mais testes no Oeste e a sua permanência aqui garante isso. Para quem queira fazer testes preventivos, a Segurança Social está a ser contactada para, através do Governo, poder alargar o número de testes por toda a comunidade. Cada teste custa entre 90 a 100 euros sendo que as câmaras irão pagar 50% dos testes de todo o Oeste, num valor de meio milhão de euros”, conclui o presidente da Câmara de Caldas da Rainha.


PUB.


132 visualizações

1/9

1/10

1/7

1/8

1/9

onde comer

1/5

Periodicidade: Diária

9/27/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias