• comercioenoticias

CALDAS DA RAINHA É CIDADE CRIATIVA DA UNESCO

Atualizado: 4 de Nov de 2019

Cidade integrou a Rede de Cidades Criativas desta organização da ONU


Caldas da Rainha já faz parte da rede mundial de Cidades Criativas da Unesco pelo seu Artesanato e Artes Populares, anunciou esta quinta-feira à noite, 31 de outubro, esta organização da ONU para a Educação Ciência e Cultura.

“O reconhecimento de Caldas da Rainha como Cidade Criativa de Artesanato e Artes Populares é mais uma etapa na afirmação da cidade no contexto mundial e que reconhece séculos de evolução histórica neste contexto, graças ao valioso e insubstituível contributo dos artesãos, ceramistas e todos os artistas das Caldas da Rainha do passado e do presente”, afirma Fernando Tinta Ferreira, presidente da Câmara Municipal das Caldas da Rainha.

“Esta nomeação irá implicar uma maior responsabilidade”, acrescenta Tinta Ferreira, no trabalho internacional em parceria com a rede UNESCO e em colaboração com as outras cidades criativas, afirmando o seu potencial social, cultural e turístico “para o qual temos vindo a trabalhar em parceria com as entidades do sector nomeadamente a ESAD (Escola Superior de Arte e Design)”.

A UNESCO anunciou 66 novas cidades que passam a integrar esta rede mundial de Cidades Criativas, entre as quais Caldas da Rainha e Leiria. A rede conta agora com 246 cidades em todo o Mundo e com um total de sete cidades em Portugal.

O objetivo deste organismo da ONU é colocar a cultura no centro do desenvolvimento urbano. Criada em 2004, a iniciativa promove a cooperação internacional dentro e entre municípios de zonas urbanas que investem na cultura e na criatividade como aceleradoras do desenvolvimento sustentável.

As Cidades Criativas da UNESCO têm uma missão em comum: colocar as indústrias culturais e criativas no centro de suas estratégias de desenvolvimento, a fim de transformar as cidades em locais mais inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis.

Funcionando como um laboratório de ideias e de práticas inovadoras, o projeto traz contribuições concretas para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 das Nações Unidas. As cidades integrantes promovem a criação de políticas públicas e de projetos de base, com a participação de todos os cidadãos, incluindo mulheres, jovens e grupos vulneráveis.




1,328 visualizações

1/9

1/10

1/7

1/8

1/9

onde comer

1/5

Periodicidade: Diária

9/23/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias