• comercioenoticias

CAÇADORES DETIDOS EM CALDAS DA RAINHA E BOMBARRAL PELA PRÁTICA DE CAÇA ILEGAL


Militares da GNR do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Caldas da Rainha, nos dias 18 e 22 de outubro, detiveram em flagrante delito dois homens com 33 e 67 anos, pelo crime do exercício da caça em terrenos não permitidos, na localidade de Pó, concelho de Bombarral e identificou dois homens com 42 e 77 anos pela prática de ilícitos contraordenacionais durante o exercício da caça, na localidade de Alvorninha, concelho de Caldas da Rainha.

No decorrer de ações de fiscalização ao exercício do ato venatório para prevenção, deteção e repressão de situações ilícitas, os militares detiveram os suspeitos que se encontravam a caçar em terrenos não cinegéticos, ou seja, terrenos onde não é permitida a caça, nomeadamente em povoados, numa faixa de proteção de 250 metros.


PUB.


Em resultado das ações de fiscalização foram ainda elaborados dois autos de contraordenação por falta de licença e carta de caçador, punível com uma coima no valor máximo de 882 euros e, por uso e porte de arma de fogo com uma taxa de álcool superior ao permitido por Lei, punível com uma coima no valor máximo de 7 000 euros.

Destas ações resultou a apreensão de três espingardas de caça, sete cartuchos, calibre 12 e materiais acessórios e a sua documentação.

Os detidos foram constituídos arguidos, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Caldas da Rainha.


PUB.



2,167 visualizações

1/9

1/9

1/8

1/6

onde comer

Periodicidade: Diária

11/26/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias