• comercioenoticias

CÂMARA DO CARTAXO INTEIROU-SE DAS CONDIÇÕES DE REABERTURA DA ESCOLA SECUNDÁRIA


É já na próxima segunda feira, dia 18 de maio, que, cumprindo o plano de desconfinamento decretado pelo Governo, as escolas voltam a abrir as suas portas para receber os alunos do 11.º e 12.º anos e 2.º e 3.º anos dos cursos de dupla certificação do ensino secundário. Uma abertura com medidas de higienização e segurança mais exigentes, de modo a dar resposta a todas as diretrizes da Direção Geral de Saúde para a prevenção e combate à Covid-19.

Esta garantia de cumprimento foi ontem, 15 de maio, assegurada pelo Diretor do Agrupamento Marcelino Mesquita, Jorge Tavares, numa reunião que esta manhã juntou o Presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, Pedro Magalhães Ribeiro, o Adjunto do Presidente, Carlos Cláudio, a responsável pela área de Educação, Carla Neves, a responsável pela área da Proteção Civil, Ana Coelho, o Presidente da Associação de Pais do Agrupamento Marcelino Mesquita, Paulo Ferreira, e a Presidente da Associação de Pais e Presidente do Conselho Geral do Agrupamento D. Sancho I, Ana Belchior, com o objetivo de ultimar todos os preparativos para uma abertura tranquila e segura, como a situação atual exige.

“Há um trabalho conjunto entre autarquia, agrupamentos e associações de pais, que exigiu um esforço suplementar por parte de todos os envolvidos, para darmos todo o apoio a alunos, encarregados de educação, docentes e não docentes para que o regresso à escola seja feito em segurança”, assegurou Pedro Magalhães Ribeiro.

As novas medidas serão visíveis logo à entrada da Escola Secundária, onde os alunos terão de proceder à desinfeção das mãos e estar munidos de máscara. Estas máscaras serão entregues aos alunos na escola, tendo sido distribuídas pelo Governo, com a colaboração das Forças Armadas, aos agrupamentos escolares de todo o país, para além de outro material como viseiras, luvas e aventais.

Para garantir o cumprimento do distanciamento físico exigido, sempre que o número de alunos por turma não o permitir, estas poderão ser desdobradas. Para além disso, os espaços considerados como não essenciais, tais como o bar e a sala de alunos, permanecerão encerrados. A biblioteca e o refeitório estarão abertos, tendo, no entanto, a sua lotação máxima reduzida em 1/3, e sinalética indicando quais os lugares que podem ser ocupados.

Os novos horários serão ainda disponibilizados na Plataforma Moodle do Agrupamento, logo que estejam disponíveis, uma vez que houve necessidade de refazê-los para respeitar as recentes alterações legislativas e orientações da DGS.

As primeiras aulas do dia terão início às 10h00 e as últimas terminarão às 17h00. A carga horária de cada aluno concentrar-se-á sobretudo num dos períodos, manhã ou tarde, podendo haver dias em que não terá de se deslocar à escola.

As aulas serão lecionadas em tempos de 50 minutos, seguidas de intervalos de 10 minutos em que, de modo a garantir a segurança de todos, os alunos não poderão sair da escola.

Algumas das disciplinas sujeitas a exame nacional, que agora passam a ter aulas exclusivamente presenciais, vão continuar a ser lecionadas através da plataforma informática Microsoft Teams Education, pelo facto dos respetivos docentes pertencerem a Grupo de Risco. Nesse caso, os alunos serão acompanhados em sala de aula por um docente que assegura a coadjuvação.

Apesar de estarem asseguradas todas as orientações da Direção Geral de Saúde para garantir a segurança de todos os envolvidos neste regresso, os encarregados de educação poderão optar por não levar os seus educandos às escolas, estando estas faltas justificadas. A partir de segunda feira, dia 18, os encarregados de educação e os alunos maiores de idade terão 10 dias úteis para comunicar esta intenção, sabendo, à partida, que as escolas não estão obrigadas a prestar serviço remoto para compensar estas aulas.


PUB.


Transportes públicos assegurados

A Rodoviária do Tejo, que se mantém em estreita articulação com a Câmara Municipal do Cartaxo, a CIMLT e o Agrupamento de Escolas Marcelino Mesquita, já partilhou os novos horários em vigor a partir do próximo dia 18, que asseguram a presença dos alunos nas escolas entre as 10h00 e as 17h00, de acordo com os horários previstos pela escola.

A empresa tem vindo a implementar medidas que assegurem viagens cómodas e seguras para todos, passageiros e motoristas, tais como a limpeza e desinfeção diária de viaturas, terminais e espaços comuns. Importa lembrar que, em todos os transportes públicos, é obrigatório o uso de máscara.

Projeto Levar a escola até casa

Os computadores adquiridos pela Câmara Municipal para ceder, a título de empréstimo, aos alunos do 1.º, 2.º, 3.º ciclos e ensino secundário, que não podem seguir as aulas em casa por não terem computador e internet, já começaram a chegar.

O Município adquiriu 295 computadores portáteis, no valor total de 70.800,00 €, 138 routers 4G e internet com 75GB de tráfego mensal, para 3 meses, no valor total 8.147,52 € e ainda pastas para acondicionamento dos equipamentos, no valor de 1.257,44 €, num investimento que ultrapassa os 80 mil euros.

Estes computadores terão agora de ser formatados e preparados para entrega às famílias, juntamente com os autos de empréstimo, estimando-se que esta entrega possa começar a ser feita a partir da próxima quinta feira, dia 21.

Logo que todos os computadores estejam preparados, a Câmara Municipal do Cartaxo irá disponibilizá-los aos Agrupamentos, que irão contactar os beneficiários e proceder à sua distribuição nas escolas sede.

A autarquia garantirá todo o apoio técnico necessário a estas famílias, assim como o apoio pedagógico, que tem vindo a ser assegurado neste período de aulas à distância pela Equipa Multidisciplinar de Intervenção Comunitária da Área de Educação.

Para o presidente da Câmara, esta medida de apoio social “é fundamental para garantir que não há alunos excluídos do processo educativo que, nestes tempos que correm, em que nos deparamos com uma realidade completamente nova, assume formas diferentes num curto espaço de tempo”. A autarquia, assume, por isso, “um papel ativo no apoio a todos: àqueles que, no próximo dia 18, regressam às escolas, mas também àqueles que permanecerão nas suas casas com o mesmo objetivo, continuar a aprender, sempre em segurança”.


PUB.


45 visualizações

1/9

1/10

1/7

1/8

1/9

onde comer

1/5

Periodicidade: Diária

9/27/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias