• comercioenoticias

CÂMARA DE AZAMBUJA ADMITE PEDIR CORDÃO SANITÁRIO PARA O BAIRRO QUINTA DA MINA


Bairro social tem 40 pessoas infetadas com Covid-19

Luís de Sousa, Presidente da Câmara Municipal de Azambuja, confirmou esta segunda-feira, 1 de junho, que 40 moradores do bairro social da Quinta da Mina, em Azambuja, testaram positivo à Covid-19, situação que está a preocupar a autarquia, que não exclui a possibilidade de pedir um cordão sanitário.

Em declarações à agência Lusa, Luís de Sousa explicou tratar-se de uma situação que envolve nove famílias, num total de 40 pessoas residentes num bairro construído ao abrigo do Plano Especial de Realojamento (PER).

“Já enviei a listagem para as autoridades de saúde e esperamos agora para saber o que podemos fazer. Não excluo a necessidade de existir uma vigilância ativa destas pessoas, uma espécie de cordão”, salientou o Presidente da Câmara que acrescentou ainda que “estas 40 pessoas pertencem a nove famílias de etnia cigana”.


PUB.


Entretanto, o autarca também se congratulou com a decisão do Governo de incluir o município de Azambuja, que integra a Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo, nas medidas previstas para a Área Metropolitana de Lisboa (AML) para efeitos de realização de testes da Covid-19.

O concelho de Azambuja tem à data de hoje 82 pessoas infetadas com Covid-19. Saliente-se que nesta vila há duas empresas onde foram detetados focos de contágio, a Avipronto e a Sonae MC, tendo em ambas se registado mais de 100 casos, sobretudo referentes a trabalhadores residentes fora do concelho de Azambuja.


PUB.


354 visualizações

1/9

1/10

1/7

1/8

1/9

onde comer

1/5

Periodicidade: Diária

9/30/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias