• comercioenoticias

CÂMARA DE ABRANTES APROVA CONTAS DE 2019 COM REDUÇÃO DE DÍVIDA EM 1,7 MILHÕES DE EUROS


A Câmara Municipal de Abrantes aprovou, em Assembleia Municipal, o Relatório de Gestão e Prestação de Contas relativo ao ano económico de 2019, apresentando um resultado líquido positivo de 1.038.827,00 euros e uma diminuição da dívida total do município de 7.072.994,00 euros para 5.310.932,00 euros, o que representa uma redução de 24,13%.

Para além da diminuição da dívida pública em cerca de 1,7 milhões de euros, o município de Abrantes viu também a dívida a fornecedores cair 31%, posicionando-se como o segundo município da região do Médio Tejo com melhor prazo médio de pagamentos que se situa nos 5 dias, salientando-se ainda o facto de não existirem pagamentos em atraso.


PUB.


Relativamente à receita total, o município de Abrantes arrecadou 26.209.265,16 euros, o que representa um aumento de 2% face a 2018. Já a receita corrente registou um acréscimo de 4% comparativamente ao período homólogo. Os valores apresentados resultam numa taxa de execução da receita efetiva total a situar-se em 2019 nos 101%, muito acima do limite mínimo legal exigido para as autarquias (85%).

No exercício de 2019, destaque para o aumento do investimento e transferências para as 13 Juntas de Freguesia do Concelho de Abrantes, com a Câmara a transferir no ano transato o total de 2.025.970,29 euros, o que representa um aumento de 10% face a 2018 e no qual se inclui o maior investimento realizado nas juntas de freguesia até à data.

No que diz respeito aos documentos dos Serviços Municipalizados de Abrantes, votados por unanimidade pela Assembleia Municipal, apresentaram um resultado líquido do exercício positivo no valor de 7.672,63 euros, invertendo o ciclo de resultados negativos verificado nos últimos dois anos, causados pelo enorme aumento da tarifa de tratamento dos resíduos sólidos urbanos paga pelos Serviços Municipalizados à entidade responsável pelo seu tratamento.

Para Manuel Jorge Valamatos, Presidente da Câmara Municipal de Abrantes, “em termos gerais, os rácios orçamentais referentes à execução orçamental do ano 2019, registam valores que demonstram a manutenção de um efetivo equilíbrio das contas do Município de Abrantes, o qual assentou em princípios de coerência, responsabilidade e rigor, que procuraram a todo o tempo garantir o equilíbrio orçamental e o respeito de todos os restantes princípios legalmente exigidos. Foi um ano marcado

por uma estratégia focada na proximidade e no investimento nas pessoas e os resultados são positivos e refletem isso mesmo”.

Em termos de Grupo Municipal, que inclui, para além do Município, os Serviços Municipalizados de Abrantes, a A.Logos e a Tagusvalley, o documento de contas consolidadas foi aprovado por maioria, tendo contado com os votos favoráveis do PS e da CDU e a abstenção do PSD e BE.


PUB.


27 visualizações

1/9

1/10

1/7

1/8

1/9

onde comer

1/5

Periodicidade: Diária

9/29/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias