• comercioenoticias

BLOCO DE ESQUERDA PROPÕE CRIAÇÃO DA ECOVIA DO TEJO A LIGAR ESPANHA A LISBOA


Com o objetivo de aproximar as populações do rio e de lhes criar consciência ambiental o Bloco de Esquerda propôs ao Governo a criação da Ecovia do Tejo a ligar Alcántara, na Comunidade Autónoma da Estremadura espanhola, a Lisboa.

“O rio Tejo, um dos mais extensos da Península Ibérica, atravessa o país desde Idanha-a-Nova até Lisboa, percorrendo municípios ricos em cultura, história e património local e ambiental que importa dar a conhecer, preservar e valorizar”, defende o Bloco de Esquerda, que acrescenta que “a proposta de criação da Grande Ecovia do Tejo – uma Grande Rota – tem objetivos culturais e educativos, de desenvolvimento económico, social, ambiental e desportivo, que funcionam positivamente em sinergia com benefícios para a natureza, para as pessoas e para as economias locais”.

A criação da Grande Ecovia do Tejo passa pela criação de novos percursos, pela interligação dos já existentes e pela extensão destes à fronteira com o Estado espanhol. Além disso, devem ser criadas ligações aos aglomerados urbanos próximos do Tejo para que se forme uma rede ciclável e pedestre que traga benefícios sociais e económicos às populações da região, dinamizando e facilitando a criação de pontos de apoio a ciclistas e caminhantes, designadamente locais de dormida, restaurantes e cafés, oficinas, entre outros.


PUB.


O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda propõe, assim, que a Assembleia da República recomende ao Governo que apoia os municípios abrangidos pelo rio Tejo nas seguintes vertentes:

- Na criação da Grande Ecovia do Tejo, para circulação a pé ou de bicicleta, desde a fronteira com o Estado espanhol até à foz do rio Tejo, em Lisboa, interligando as vias cicláveis e trilhos pedestres existentes;

- Na ligação da Grande Ecovia do Tejo aos aglomerados urbanos próximos do rio, criando uma rede de ciclável e pedestre;

- Na ligação da Grande Ecovia do Tejo à Rede Europeia de Ciclovias – a EuroVelo –, promovendo, junto do Governo espanhol, a ligação da Ecovia até ao município de Alcántara, na Comunidade Autónoma da Estremadura, o local mais próximo da fronteira portuguesa com a EuroVelo 1;

- Na sensibilização para o benefício comum entre vias cicláveis e trilhos pedestres, evitando conflitos com a sinalização e percursos dos Caminhos de Santiago e de Fátima.

- Concretize campanhas para a promoção dos modos ativos de transporte, divulgando e incentivando a utilização dos percursos pedestres e cicláveis que permitem a fruição do património natural, histórico e cultural do território.


PUB.


70 visualizações0 comentário

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9

press to zoom

press to zoom

press to zoom