Periodicidade: Diária

5/18/2022

  • comercioenoticias

BLOCO DE ESQUERDA DE RIO MAIOR VISITOU O CENTRO DE SAÚDE LOCAL


Os principais elementos das listas do Bloco de Esquerda aos órgãos autárquicos de Rio Maior visitaram ontem, 26 de agosto, as diferentes unidades do Centro de Saúde de Rio Maior, tendo analisado as condições das instalações, e ouvido os profissionais de saúde para perceber quais as principais necessidades e problemas por resolver.

No final o Bloco de Esquerda de Rio Maior resumiu os principais pontos que saíram dessa visita, e apresentou também algumas propostas.

Assim, os órgãos autárquicos do BE Rio Maior entendem que “há falta de médicos efetivos no nosso centro de saúde. Consideramos que a câmara municipal deve procurar medidas de incentivo à fixação de médicos em Rio Maior. Além de incentivos fiscais, devia apoiar na melhoria das condições de trabalho destes profissionais, como seja a criação de um café/restaurante para esses profissionais, visto que atualmente têm de trazer comida de casa ou deslocar-se, reduzindo o tempo de almoço e de descanso, piorando a já existente sobrecarga destes profissionais”.

O Bloco de Esquerda de Rio Maior refere ainda que “cada médico de família tem mais de 1700 utentes e falta médico de família a aproximadamente 3000 utentes. A fixação de mais 2 médicos de família resolveria esta situação”, acrescentando ainda que “além da falta de médicos, há falta de pessoal administrativo e de assistentes operacionais para a limpeza dos espaços (atualmente feita por uma empresa externa). A câmara municipal deve prestar apoio ao centro de saúde no processo de aquisição de mais pessoal”.


PUB.


Francisco Pascoal, mandatário do Bloco de Esquerda de Rio Maior à próximas autárquicas, entende que “os espaços externos, que são responsabilidade dos órgãos autárquicos locais, não têm manutenção suficiente”.

O mandatário refere também que “os profissionais de saúde contratados temporariamente e de contratos sucessivamente renovados para apoiar na luta contra a pandemia deviam ter contrato efetivos e também serem fixados, pois são efetivamente necessários”.

A finalizar, o BE Rio Maior entende ainda que “é necessário um nutricionista e mais psicólogos para cumprir as necessidades da população”.

“Saudamos o esforço demonstrado pelos profissionais do SNS que fazem todos os possíveis para dar o melhor serviço aos nossos utentes. E também saudamos a equipa no centro de vacinação pelo bom desempenho”, concluem os órgãos autárquicos do BE Rio Maior.


PUB.



435 visualizações0 comentário

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/5

press to zoom
Lino Martins - site
Lino Martins - site

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

onde comer

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/12
telefonesuteis.jpg
Festival da Codorniz.jpg
bannered.png
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg