• comercioenoticias

BE SANTARÉM DIZ-SE PREOCUPADO COM A POSSIBILIDADE DE IMPLANTAÇÃO DE REDES DE TRÁFICO HUMANO


O Secretariado Distrital de Santarém do Bloco de Esquerda emitiu um comunicado onde manifesta a sua preocupação com a falta de vigilância e controlo que tem possibilitado a implantação de redes de tráfico humano, como a situação de hoje em Almeirim comprova.

“Esta forma de escravatura, mais frequente do que as notícias anunciam, revela de sistemas obsoletos de fiscalização, em que as autoridades policiais estão sempre um passo atrás dos criminosos, o que significa que a ausência de financiamento em recursos humanos, tecnológicos e materiais reduz sistematicamente a capacidade de intervenção atempada e preventiva”, pode ler-se no comunicado.


PUB.


O Bloco de Esquerda de Santarém entende ainda que “este facto também significa que as regras legais de acolhimento de migrantes são manifestamente penalizadoras das vítimas de tráfico humano e que os mecanismos de comunicação de denúncias desencorajam a sua eficácia”.

A finalizar o Bloco de Esquerda “exorta os órgãos de governo e legislativos a encarar de frente o problema e que se verifique uma profunda reflexão em torno das melhores práticas preventivas e de enquadramento legal de acolhimento e de penalização a quem promove e pratica o crime de trágico de seres humanos”.


PUB.


251 visualizações

1/9

1/10

1/6

1/8

onde comer

1/5

Periodicidade: Diária

10/1/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias