• comercioenoticias

AZAMBUJA: DETIDOS POR FURTO DE PINHAS EM MANIQUE DO INTENDENTE


Dois jovens de 20 e 26 anos foram no passado dia 30 de novembro detidos por militares da GNR do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Alenquer, por furto de pinhas na localidade de Manique do Intendente, no concelho de Azambuja.

Na sequência de uma denúncia em que se encontravam dois indivíduos a furtar pinhas em Manique do Intendente, os militares da Guarda deslocaram-se de imediato para o local. Após diligências policiais, os suspeitos foram novamente localizados a furtar pinhas já num outro local da mesma localidade. Ao serem abordados, os suspeitos colocaram-se em fuga, tendo sido intercetados na localidade de Maçussa, onde foram detidos.

Os suspeitos, com antecedentes criminais por ilícitos da mesma natureza, foram constituídos arguidos, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Alenquer.


PUB.


O pinheiro-manso (Pinus pinea) é uma espécie florestal com um crescente interesse económico, cuja importância do comércio externo de pinha e de pinhão tem contribuído para a promoção de importantes dinâmicas económicas à escala regional, uma vez que o pinhão produzido em Portugal é de todos o mais valorizado pelas suas características nutricionais. No entanto, a colheita de pinhas de pinheiro-manso é proibida entre 1 de abril e 1 de dezembro e, ainda que esteja caída no chão, a sua apanha está interditada por se encontrar em época de defeso, salvaguardando assim o crescimento e desenvolvimento da pinha e do pinhão e evitando a colheita da semente com deficiente faculdade germinativa e mal amadurecida.


PUB.



674 visualizações0 comentário

1/8

1/9

1/7
Lino Martins - site
Lino Martins - site

Bicharada - Site
Bicharada - Site

Lino Martins - site
Lino Martins - site

1/9
Extreme Peste - Site
Extreme Peste - Site

Extreme Peste - Site
Extreme Peste - Site

1/8

onde comer

1/10
telefonesuteis.jpg

Periodicidade: Diária

8/1/2021

coronavirus.jpg
bannered.png
NOVO SANTA CASA - COVID.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg