top of page
Sem nome (1218 × 170 px) (1).png

Periodicidade: Diária

12/4/2023

  • comercioenoticias

AUTARCA DE ÓBIDOS PROMETE QUE LEGADO DE JOSÉ PINHO JAMAIS FICARÁ POR CUMPRIR



FÓLIO 2023 O presidente da Câmara Municipal de Óbidos, Filipe Daniel, prometeu, na tarde desta quinta-feira, 12 de Outubro, que “o legado de José Pinho jamais ficará por cumprir”, durante a sessão de inauguração do FOLIO – Festival Internacional de Literatura de Óbidos, que decorreu na Tenda Vila Literária. Filipe Daniel assumiu o risco que representa dar seguimento ao FOLIO, sem a presença do mentor do festival literário e diretor da Ler Devagar, mas acredita que esta oitava edição vai “ser seguramente melhor”, tal como José Pinho pretendia, ao contar com a presença de 600 autores. “O risco e o desconhecido era algo que o apaixonava, e a mim também”, comentou. O autarca lembrou que a organização do FOLIO começa a ser preparada logo após a edição do ano anterior e agradeceu a colaboração de todos os envolvidos, bem como dos parceiros, nomeadamente a Fundação Inatel. Francisco Madelino, presidente da Fundação Inatel, também está convicto de que este vai ser um “FOLIO especial” e elogiou a escolha do tema Risco. “Este projeto resulta do José Pinho e de uma autarquia que arriscaram”, observou. “E seríamos muito fracos se não dessemos continuidade ao projeto.” “É um prazer continuar a estar aqui, a cruzar a música e a palavra, e a música a fazer uma junção entre a modernidade e a tradição”, assegurou Francisco Madelino. “Vamos continuar a arriscar e a promover os resistentes da cultura e da liberdade, mas de uma forma responsável”, afirmou.

Margarida Reis, vereadora da Cultura, convidou os presentes a “usufruir destes 11 dias de programação”. Apesar de reconhecer que algumas pessoas consideram que há atividades a mais, enquanto outras defendem que assim chegam a todos, a autarca acredita que “vão ter todas muita recetividade”. “Estamos descansados por termos uma boa programação”, afirmou Margarida Reis, que é dirigida também às escolas e aos jovens, o que Filipe Daniel considera uma forma de garantir novos públicos no futuro. “No FOLIO há coisas muito interessantes para fazer e para ouvir, e vamos ter algumas surpresas, por isso estejam atentos”, desafiou a vereadora. “Acima de tudo, vamos viver esta festa.” Em nome da Ler Devagar e da curadoria FOLIO Mais, Joana Pinho também referiu que “este FOLIO vai ser tão ou mais espetacular do que o anterior, como José Pinho gostaria”. No final da sessão, foi apresentado um vídeo com imagens e entrevistas do mentor do FOLIO, ao som de Bossa Nova, que terminou com o poema de Carlos Drummond de Andrade “E agora, José?”

Paragem de autocarro com livros Antes da sessão de abertura do FOLIO, foi inaugurada uma Smart Stop Bus, em frente à paragem de autocarro à entrada de Óbidos, que permite aos passageiros da Rodoviária do Oeste comprar bilhetes num equipamento, em vez de estarem na fila para pagar ao motorista do autocarro. Podem ainda aproveitar para ler e carregar os seus equipamentos eletrónicos. Cristina Frazão, diretora da Rodoviária do Oeste, explicou que o município lhes colocou o desafio de criarem um “espaço de qualidade”, onde as pessoas pudessem adquirir os títulos de viagem de uma “forma cómoda”, e ler os livros usados disponibilizados numa biblioteca, criada no local. Satisfeito com o novo espaço, Filipe Daniel confessou que, como presidente do município, se sentia “incomodado por ver as pessoas à espera na fila nos dias de chuva”.


82 visualizações0 comentário
Gina Morais.png

onde comer

telefonesuteis.jpg
RIOGRAFICA.jpg
bannered.png
Banner Riomagic.jpg
bottom of page