Periodicidade: Diária

11/30/2022

  • comercioenoticias

ASSOCIAÇÃO SALVADOR APRESENTOU EM RIO MAIOR PROJETO QUE COMBATE A EXCLUSÃO SOCIAL

Atualizado: 5 de abr.


A Biblioteca Municipal de Rio Maior acolheu durante a tarde desta quarta-feira, 9 de março, a apresentação pública do projeto “+ Acesso para Todos - Por Comunidades Mais Inclusivas”, uma iniciativa da Associação Salvador em parceria com o Município de Rio Maior, o qual pretende sensibilizar e educar para a inclusão e a acessibilidade.

Além do Município de Rio Maior, outros 14 municípios nacionais integram o “+ Acesso para Todos - Por Comunidades Mais Inclusivas” que é apoiado pela Portugal Inovação Social através de financiamento da União Europeia, nomeadamente pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (PO ISE), no âmbito do Portugal 2020 e do Fundo Social Europeu.

Perante uma sala cheia, destaque para a presença nesta sessão do fundador da Associação Salvador, Salvador Mendes de Almeida, de Joana Borgueira, responsável por este projeto, do Presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Filipe Santana Dias, da Vereadora da Ação Social, Leonor Fragoso, e de Gonçalo Santos, um jovem riomaiorense paraplégico, vítima de um acidente de viação.

+Acesso Para Todos – Por Comunidades Mais Inclusivas: Associação Salvador combate a exclusão social, através da sensibilização em 15 Autarquias do país

“Em pleno século XXI e com uma Lei das Acessibilidades com mais de 20 anos, a exclusão social das pessoas com mobilidade reduzida é ainda uma realidade gritante, causada, em grande medida, pela falta de acessibilidades no nosso país”, salienta Salvador Mendes de Almeida, que refere que “o objetivo é combater esta realidade e contribuir para um país mais acessível e uma sociedade mais inclusiva”.


PUB.


Salvador Mendes de Almeida garante que “com este projeto vamos ter a oportunidade única de fazer a diferença na vida das pessoas”, esperando que “dentro de 10 anos haja mudanças efetivas”.

Este projeto teve o seu arranque no dia 17 de fevereiro, com a primeira apresentação pública, no Município de Torres Vedras.

Entre as diversas atividades previstas, destacam-se a criação de um Manual de Boas Práticas de Acessibilidades e de um Selo de Acessibilidades, a organização de ações de capacitação e sensibilização em escolas e a promoção de ações “Ponha-se no nosso lugar” com Autarcas, Vereadores, Técnicos e Empresas locais.

A iniciativa é dirigida a pessoas com mobilidade reduzida, mas também às autarquias, estabelecimentos comerciais e empresas, e às camadas mais jovens da sociedade, que serão os decisores do futuro, com o objetivo de sensibilizar e educar a sociedade para os temas da inclusão e das acessibilidades.

“Entre março e junho vão decorrer ações de sensibilização dirigidas a docentes e não docentes das escolas. As turmas serão incentivadas a sair da sala de aula e a identificar pontos acessíveis a todos nos seus concelhos e registá-los numa aplicação disponível” explicou Joana Borgueira, responsável do projeto.

Almodôvar, Amarante, Batalha, Castro Verde, Gondomar, Grândola, Guimarães, Leiria, Maia, Ourique, Porto, Rio Maior, Santarém, Tomar e Torres Vedras são os concelhos que integram este projeto apoiado pela organização Portugal Inovação Social e financiado por fundos comunitários do Programa Operacional para a Inclusão Social e Emprego.


PUB.


437 visualizações0 comentário

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/5

press to zoom
Lino Martins - site
Lino Martins - site

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7

onde comer

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9
telefonesuteis.jpg

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9
bannered.png
314012987_493269782858541_8091892627052110800_n.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg