• comercioenoticias

AS VANTAGENS DA TRADUÇÃO PROFISSIONAL


Sempre que alguém (uma empresa ou particular) precisa de traduzir um artigo, documento ou texto, o primeiro pensamento é habitualmente o preço. Talvez porque a tradução faça parte daquele tipo de serviços aos quais não se dá especial importância, nomeadamente porque não se recorre a ele todos os dias. (Quem precisa de traduções com regularidade nem se questiona sobre o valor de um profissional, pois lida com isso diariamente.) Há sempre a tentação de apontar ao preço mais baixo.

Mas os resultados nem sempre correspondem ao que se espera. Afinal, tal como nem todos os canalizadores trabalham da mesma forma perante o mesmo cano com o mesmo problema, também nem todos os tradutores são iguais.


A mais-valia de um tradutor

O tradutor profissional traz ao cliente uma mais-valia que o amador nunca pode garantir. E ao contrário do que se possa pensar, a qualidade é apenas a primeira das vantagens. Qualidade ao nível do respeito pelo texto original mas também qualidade ao nível do texto produzido. Deverá ser claro, conciso e orientado para as características e necessidades do público-alvo, isto é, de quem vai ler.

O respeito pelos prazos é outra das vantagens. O tradutor amador é, por definição, alguém que sabe línguas e a quem se pede “um jeitinho”. À partida, não será um profissional da área (isentemos os tradutores em início de carreira do epíteto de “amadores”, pois amadorismo e inexperiência são coisas diferentes). Logo, terá outras atividades: outra profissão, aulas (pode tratar-se de um estudante), enfim, outra vida. Por mais que se exijam prazos, o cliente não poderá contar com isso a 100% tal como o faria com um profissional.

É por isso que é preferível, por exemplo, subscrever o serviço de tradução profissional da Protranslate do que confiar uma tarefa deste género a um amador ou alguém que “dê uns toques”.


Amador x Profissional

Não há campo ou setor de atividade em que o amador consiga ganhar ao profissional. O futebol diz-nos que isso pode acontecer numa tarde inspirada do amador, ou num dia de menor rendimento do profissional. Mas uma coisa é a Taça de Portugal, em que “tudo” se joga em 90 minutos; outra é um longo campeonato com 30 ou 34 jornadas. Ponha-se a equipa amadora a jogar num campeonato com 17 equipas profissionais e rapidamente se constata a diferença de rendimento. Talvez ao fim de 34 jornadas a equipa amadora tivesse conseguido 1 vitória, e talvez 1 ou 2 empates; mas 5 pontos em 34 jogos não são um resultado compatível com qualquer tipo de ambição.


Tradução automática não é solução

Outra solução rápida passa por ir ao Google Translate, colar o texto original e verificar a tradução. Será talvez suficiente para ficar com uma ideia geral do que o texto fala, mas é manifestamente insuficiente como tradução. As ferramentas gratuitas de tradução automática são fracas em termos de gramática e nulas em termos de semântica. Aliás, são por isso um recurso frequente do tradutor amador: basta copiar, colar e imaginar que se conseguiu uma tradução de qualidade…

Quem espera resultados profissionais e de qualidade só pode contratar um profissional – em tradução como em qualquer outra área.

41 visualizações

1/9

1/10

1/8

onde comer

1/5

Periodicidade: Diária

10/31/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias