Periodicidade: Diária

8/14/2022

  • comercioenoticias

AS MELHORES IGREJAS E CATEDRAIS DE PORTUGAL


Escolher as igrejas mais bonitas de Portugal é uma tarefa complicada, uma vez que a cultura religiosa faz parte de Portugal há centenas de anos. Mas fizemos o esforço e selecionamos as igrejas portuguesas que se destacam pela sua beleza, arquitetura e originalidade e produtos de mosteiros.


Ermida de Nossa Senhora da Lapa (Vieira do Minho)

A Capela de Nossa Senhora da Lapa, construída nos anos 60 do século passado, situa-se perto do Gerês, na colina de Penamourinho, na freguesia de Soutelo. Destaca-se pelo facto de ter sido construída dentro de uma gruta numa grande colina e ser um dos santuários mais importantes da Europa. Existe ainda uma loja de produtos religiosos no local para quem pretende levar uma lembrança da sua visita.

Reza a lenda que a Virgem Maria apareceu a uma jovem pastora. A devoção levou a peregrinações que motivaram a construção da pequena capela.


Santuário do Bom Jesus do Monte (Braga)

Este Monumento Nacional e Património Mundial da UNESCO em Braga distingue-se de outras igrejas em Portugal devido à sua extraordinária envolvente e construção.

O Bom Jesus do Monte é um Santuário Católico e cenário arquitectónico e paisagístico que inclui uma igreja, uma grande escadaria que serve de Caminho da Cruz, e até mesmo uma floresta. O local inspirou a construção do Santuário nossa Senhora dos Remédios em Lamego.


Igreja de Santo Ildefonso (Porto)

A Igreja de São Ildefonso, ou Santo Ildefonso, no Porto, é um exemplo do domínio artístico que domina a maioria das igrejas portuguesas. Reconstruída na primeira metade do século XVIII, a fachada é composta por duas torres sineiras com cornijas e as suas paredes são revestidas em azulejos pintados por Jorge Colaço, ilustrando cenas da vida de São Ildefonso.


Capela do Senhor da Pedra

A apenas 12 quilómetros do Porto, na praia de Miramar, em Gulpilhares, encontra-se a única Capela do Senhor da Pedra, que nas manhãs enevoadas parece flutuar sobre a areia.

Criada em 1686 numa rocha junto ao oceano, as suas origens residem num culto pagão que existia entre os povos pré-cristãos que veneravam os seus Deuses na natureza.


Igreja de Santa Marinha da Cortegaça (Ovar)

Os académicos acreditam que esta igreja remonta, pelo menos, a meados do século XII. É conhecida pelos seus magníficos azulejos azuis e brancos representando São Pedro, São Paulo, São João Bosco, São Francisco de Assis, o Sagrado Coração de Jesus e o Coração de Maria que revestem o edifício arquitetonicamente rico e decorado. A fachada da igreja é considerada uma das mais impressionantes de Portugal.


Mosteiro da Batalha (Leiria)

Também conhecido como Mosteiro de Santa Maria da Vitória, foi construído em 1386 por D. João I, Mestre de Avis, em agradecimento a Nossa Senhora pela vitória sobre os castelhanos na Batalha de Aljubarrota.

Pertenceu à Ordem de São Domingos e só foi terminada em 1563, representando um magnífico exemplo da arquitetura gótica em Portugal, tendo sido classificada como Património Mundial da Unesco e escolhida como uma das Sete Maravilhas de Portugal em 2007.


Basílica da Estrela (Lisboa)

Este antigo local de culto católico costumava ser um convento carmelita e foi construído na segunda metade do século XVIII, seguindo uma promessa da Rainha Maria I e de D. Pedro III sobre o nascimento de um filho. Foi a primeira igreja do mundo a ser dedicada ao Sagrado Coração de Jesus e a própria Rainha está lá sepultada.

49 visualizações0 comentário

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/5

press to zoom
Lino Martins - site
Lino Martins - site

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7

onde comer

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/11
telefonesuteis.jpg
bannered.png
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg