Periodicidade: Diária

12/7/2022

  • comercioenoticias

APRESENTADO EM ALCANEDE O LIVRO “MEMÓRIAS DO DR. TORRES PAULO, O MÉDICO QUE DEVERIA TER SIDO ETERNO"


O livro “Memórias do Doutor Torres Paulo, O Médico Que Deveria Ter Sido Eterno”, da autoria de Célia de Figueiredo, foi apresentado ontem, dia 16 de outubro, na Associação Recreativa e Cultural de Alcanede (A.R.C.A), na presença de Nuno Domingos e Carmen Antunes, Vereadores da Câmara Municipal de Santarém e de Manuel Joaquim Vieira, Presidente da Junta de Freguesia de Alcanede.

Nuno Domingos refere que conheceu “o Dr. Torres Paulo pela singeleza do discurso de Célia e que estamos a prestar tributo a alguém que foi um exemplo, que nos disse a nós e a quem vem depois qual o caminho que deve ser seguido, o caminho da solidariedade, de ajudar o outro, de estar presente e de dar uma palavra”.

Para Carmen Antunes, “esta é uma bonita homenagem a um homem simples, cujo trabalho desenvolvido como médico marcou muita gente; era alguém que queria ajudar todos, que tinha um coração muito grande”. A vereadora enalteceu ainda o trabalho da autora ao manter viva a memória de Dr. Torres Paulo.

No mesmo sentido, Manuel Joaquim Vieira agradeceu à autora pelo contributo deste importante livro que “dá a conhecer as lembranças daquele que no passado contribuiu para o bem comum dos nossos antepassados” e recordou o médico de família que passou “a cirurgião, obstetra, pediatra, dentista, psicológico, conselheiro e autoridade em questões de violência doméstica”.

A obra relata as experiências vividas pela sua autora e apresenta os inúmeros testemunhos recolhidos por esta, resultado de mais de uma centena de entrevistas que realizou no sentido de engradecer, ainda mais, este livro.


PUB.


Durante mais de 50 anos, o Dr. Alfredo Torres Paulo, carinhosamente conhecido como “médico do povo”, teve sempre uma dedicação extrema aos seus pacientes, salvando a vida a centenas de pessoas de doenças mortais em épocas que subsistiam fracas condições e recursos. Movido pela paixão da sua profissão ajudou famílias carenciadas e defendeu os mais vulneráveis, vindo a falecer a 12 de dezembro de 1987, aos 84 anos de idade.

Célia Figueiredo recorda ainda que devido às adversidades da vida, foi ele que desempenhou de forma exemplar o papel parental, com um amor e carinho incomparável, “recordo aqui as minhas vivências passadas na sua afetuosa companhia como momentos únicos e inesquecíveis.”.

A apresentação do livro esteve a cargo de Martinho Vicente Rodrigues e contou com intervenção de pessoas que tiveram o prazer de conviver com o Dr. Torres Paulo.

Este livro, lançado pela editora “Primeiro capítulo”, vai estar disponível nas livrarias do Grupo Atlântico, Fnac, Wook e Bertrand.


PUB.


93 visualizações0 comentário

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/6

press to zoom
Lino Martins - site
Lino Martins - site

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7

onde comer

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9
telefonesuteis.jpg

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9
bannered.png
314012987_493269782858541_8091892627052110800_n.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg