• comercioenoticias

ALUNOS DO CARTAXO ABORDAM VIOLÊNCIA DOMÉSTICA NO ÂMBITO DO PARLAMENTO DOS JOVENS


A sessão escolar do ensino secundário do Parlamento dos Jovens teve lugar na Escola Secundária do Cartaxo, na manhã desta segunda-feira, 13 de janeiro, com a participação da deputada à Assembleia da República Isaura Morais e do presidente da Câmara Municipal do Cartaxo Pedro Magalhães Ribeiro.

A deputada, que foi presidente da Câmara Municipal de Rio Maior durante 10 anos, disse ter sido com “muito gosto” que soube que a sua primeira sessão do Parlamento dos Jovens seria no Cartaxo, por considerar os dois concelhos “muito parecidos, sociologicamente e pela proximidade também”.

Na sua intervenção, em que apresentou não apenas o tema deste ano do Parlamento dos Jovens para o secundário, “Violência doméstica e no namoro: como garantir o respeito e a igualdade?”, mas também a própria iniciativa e a Assembleia da República, Isaura Morais disse esperar que que esta atividade “ajude a despertar o interesse para a cidadania, para a vida ativa, para os problemas reais do concelho, da nossa sociedade, do nosso país”.

As seis listas compostas pelos alunos da escola apresentaram depois as suas medidas, havendo espaço para o debate entre todas após as várias apresentações e também para um comentário da deputada. Entre as diversas medidas propostas, destaca-se, relativamente ao agressor, o agravamento das penas, o apoio psicológico e a detenção no momento da denúncia; relativamente às vítimas destaca-se a proposta para aumentar a rede de casas abrigo e a frequência de aulas de defesa pessoal.

No encerramento da sessão, o presidente da Câmara Municipal do Cartaxo Pedro Magalhães Ribeiro saudou a realização desta iniciativa, “porque debater estes problemas é um primeiro passo para prevenir, para despertar consciências” e lembrou que a violência doméstica é “um crime público, o que significa que ninguém pode ficar em silêncio perante uma situação destas”.

Felicitando todos os alunos pela participação no Parlamento dos Jovens e pelas propostas apresentadas, Pedro Magalhães Ribeiro destacou “o novo paradigma da violência doméstica que passa muito por aquilo que aqui foi dito, passa por intervir no agressor”. Dando, “naturalmente, prioridade à justiça, a condenar os culpados e a cuidar da vítima, não se deve esquecer o terceiro patamar de intervenção, no agressor, para que estes comportamentos não voltem a ser repetidos”.

Durante a tarde de dia 13 decorreu, no mesmo espaço, a sessão escolar do ensino básico, subordinada ao tema “Violência doméstica e no namoro: da sensibilização à ação!”.

A campanha eleitoral desta fase escolar do Parlamento dos Jovens no Cartaxo terminou no dia 13, tendo as eleições decorrido durante o dia de hoje. Amanhã, dia 16, decorrerá a sessão onde serão eleitos os deputados, efetivos e suplentes, e o candidato à mesa distrital, tal como explicou o diretor do Agrupamento de Escolas Marcelino Mesquita, a que pertence a Secundária do Cartaxo, Jorge Tavares.

Desde 2016 que a Escola Secundária do Cartaxo participa no Parlamento dos Jovens, tendo recebido uma final distrital em 2017, que contou com a presença dos deputados à Assembleia da República Duarte Matos e Hugo Costa.

25 visualizações

1/9

1/9

1/8

1/6

onde comer

Periodicidade: Diária

11/29/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias