• comercioenoticias

ALCANENA INAUGUROU NOVO MERCADO MUNICIPAL


Teve lugar, na manhã de ontem, 6 de outubro, a inauguração do Mercado Municipal de Alcanena, António Galveias Dias.

A sessão contou com as intervenções da Presidente da Câmara Municipal de Alcanena, Fernanda Asseiceira, da Presidente da CCDR Centro, Isabel Damasceno, da Presidente da CCDR LVT, Teresa Almeida, e da Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa.

Na sua intervenção, a Presidente da Câmara Municipal de Alcanena, Fernanda Asseiceira, congratulou-se por devolver à população do concelho um espaço totalmente requalificado. Inaugurado em 1985, o edifício apresentava um conjunto de fragilidades, carecendo de requalificação, a qual foi, desde logo, uma prioridade do atual executivo. O novo mercado, para além de bancas e lojas, dispõe ainda de um espaço polivalente, que poderá acolher atividades de âmbito cultural, social e económico, entre outras, assumindo a Presidente da Câmara que se trata de um espaço à disposição de todos os parceiros locais, nas mais diversas áreas. Segundo a autarca, o Mercado Municipal de Alcanena foi requalificado a pensar nas pessoas, tendo também sido intervencionada a área envolvente e existindo já um projeto para avançar para o concurso público, com vista à requalificação da área contígua.

Fernanda Asseiceira afirmou que o Município tem vindo a apostar na requalificação urbana, dando como exemplo a existência de ARU – Áreas de Requalificação Urbana em todas as freguesias do concelho e destacando também a intervenção efetuada na Requalificação da Praça de Transportes Públicos da Vila de Alcanena (Praça da Liberdade), bem como no Centro Escolar de Alcanena, entre outras, salientando a importância da dimensão da coesão territorial para a afirmação da região no todo nacional.

A Presidente da Câmara terminou a sua intervenção, afirmando-se “contente por este executivo contribuir para o desenvolvimento do concelho e por poder devolver um espaço completamente requalificado e renovado à população do concelho”.


PUB.


Por sua vez a Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa afirmou, na sua intervenção, que a requalificação do Mercado Municipal de Alcanena teve uma comparticipação de cerca de 850 mil euros, o que exigiu um esforço muito grande por parte do município, tendo em conta o valor total da obra (superior a 1,6 milhões de euros). A governante defendeu a importância que estes espaços têm para “valorizar os nossos produtores e os nossos produtos”.

Relativamente aos fundos europeus, a Ministra da Coesão Territorial referiu que os mesmos devem ser utilizados para “valorização do que já temos”, sendo a inauguração do Mercado Municipal de Alcanena um excelente exemplo, até porque, com a requalificação, passa também a ser um espaço cívico, aberto a iniciativas multidisciplinares.

Ana Abrunhosa defendeu, ainda, a importância da utilização dos recursos em função das especificidades dos territórios, tendo em conta a valorização do espaço urbano, salientado a importância da estratégia de desenvolvimento do território. Segundo a governante, “os fundos europeus “existem para trabalhar para a qualidade de vida das populações”.

Após as intervenções, a Presidente da Câmara, Fernanda Asseiceira, e a Ministra Ana Abrunhosa procederam ao descerramento da placa de inauguração, a que se seguiu uma visita às renovadas instalações, com acompanhamento musical por Pedro Santos Rosa, ao saxofone.

De referir que a sessão de inauguração do Mercado Municipal António Galveias Dias contou com mais dois momentos musicais: um no início da sessão, por Sara Fernandes, ao violino, e outro depois das intervenções, por Ricardo Bernardino, ao trombone.

A sessão contou ainda com as presenças do Secretário de Estado Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Carlos Miguel, da Presidente da CIMT, Anabela Freitas, do deputado da Assembleia da República e representante do grupo parlamentar do PS, Hugo Costa, do deputado da Assembleia da República e representante do grupo parlamentar do PSD, João Moura, dos Vereadores da Câmara Municipal de Alcanena, Maria João Gomez, Hugo Santarém, Luís Pires, Óscar Pires, João Pinto e Maria João Rodolfo, do Presidente da Assembleia Municipal de Alcanena, Silvestre Pereira, do antigo Presidente da Câmara Municipal de Alcanena, Joaquim Pereira Henriques (1º Presidente da Câmara eleito após o 25 de Abril), do Presidente da Junta de Freguesia da União das Freguesias Alcanena e Vila Moreira, António Frazão, do Presidente da Junta de Freguesia de Bugalhos, José Luís Ramos, da Presidente da Junta de Freguesia da União das Freguesias de Malhou, Louriceira e Espinheiro, Lina Louro, da Presidente da Junta de Freguesia de Minde, Fátima Ramalho, do Presidente da Junta de Freguesia de Moitas Venda, Álvaro Gonçalves, do Presidente da Junta de Freguesia de Monsanto, Samuel Frazão, da Presidente da Junta de Freguesia de Serra de Santo António, Marlene Carvalho, dos representantes das empresas responsáveis pela empreitada e pela fiscalização, e das demais individualidades presentes, nomeadamente, Educação, Saúde, Forças de Segurança, Proteção Civil Distrital e Local e Dirigentes da Câmara Municipal de Alcanena.

A requalificação do Mercado Municipal António Galveias Dias, em Alcanena, beneficiou de uma comparticipação na ordem dos 850 mil euros, ao abrigo do PARU (Plano de Ação de Regeneração Urbana) no âmbito do Centro 2020 – Programa Operacional Regional do Centro, com o apoio da CCDR do Centro. O valor total da obra é de 1.609.752,31€.


PUB.


39 visualizações

1/9

1/10

1/8

onde comer

1/5

Periodicidade: Diária

10/30/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias