top of page

Periodicidade: Diária

2/28/2024

  • comercioenoticias

AGRESSOR DE MILITAR DA GNR FICOU EM LIBERDADE


O alegado agressor de um militar da GNR do Posto Territorial de Alcanena foi esta quarta-feira, 1 de fevereiro, presente a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Santarém, tendo sido libertado sem ter que se apresentar regularmente às autoridades policiais, ficando apenas sujeito a Termo de Identidade e Residência, quando seria esperado que o juiz de instrução criminal lhe aplicasse a medida de coação mais gravosa, a prisão preventiva.

Recorde-se que tudo aconteceu na madrugada do último sábado, junto à discoteca Rio Bar, na cidade de Tomar, tendo o militar de 28 anos de idade, em gozo de folga, sido agredido por diversas vezes na face com um copo partido, o que originou que fosse suturado com mais de meia centena de pontos.



Ao que o Comércio & Notícias conseguiu apurar, o agressor de 41 anos de idade, feirante de profissão, terá então fugido do local refugiando-se mais tarde em Aveiro, em casa de familiares, acabando na segunda-feira seguinte por se entregar à Polícia Judiciária.

Saliente-se que esta não é a primeira vez que o detido está envolvido num crime de natureza grave, tendo sido já há uns anos atrás investigado pela morte de um homem.


100 visualizações0 comentário

onde comer

telefonesuteis.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg
bannered.png
Banner Riomagic.jpg
bottom of page