• comercioenoticias

ABRANTES: MULHER ENCONTRA, EM TERRENO BALDIO, CENTENAS DE CARTAS POR ENTREGAR


Sindicato dos carteiros já disse que quer apurar responsabilidades

Uma mulher encontrou esta quarta-feira, 12 de agosto, centenas de cartas seladas e por entregar aos seus destinatários, junto a um viaduto da A23, na localidade de Abrançalha de Baixo, no concelho de Abrantes.

Elisabete Ribeiro estava a dar o seu habitual passeio ao final da tarde, na companhia do marido e dos dois filhos, quando encontrou um enorme aglomerado de cartas que haviam sido lançadas por uma ribanceira junto ao viaduto da A23, em Rio de Moinhos.

Antes ainda de participar o caso à Polícia de Segurança Pública, Elisabete Ribeira fez um vídeo que divulgou na sua página de Facebook, o qual já foi entretanto retirado. A maioria da correspondência era dirigida a pessoas residentes nas localidades de Montalvo e Constância, havendo desde cartas da EDP a um vale postal, cartas das Finanças, de seguros, do hospital ou da Câmara de Constância.


PUB.


Entretanto, a dirigente do Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações, Dina Serrenho, já lamentou o sucedido, frisando que “os carteiros não se revêm neste caso isolado”.

Dina Serrenho quer apurar responsabilidades sobre este caso, o qual diz lamentar imenso. ““Lamentamos tal acontecimento e não nos revemos nesta posição, que é isolada e pontual, e já escrevemos ao Conselho de Administração dos CTT para que acionem as devidas inspeções para averiguarem e apurarem responsabilidade. Queremos dizer à população que lamentamos, que os carteiros não se revêm nesta situação que configura um crime e que a empresa vai ter de responder por ele”. Dina Serrenho referiu ainda que a empresa “tem de ter mais cuidado com as pessoas que seleciona para trabalhar nesta casa”.


PUB.


891 visualizações

1/9

1/10

1/7

1/8

1/9

onde comer

1/5

Periodicidade: Diária

9/29/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias