• comercioenoticias

43 MIGRANTES FIZERAM TESTES À COVID-19 NAS CALDAS DA RAINHA


Um deles esteve no hostel evacuado em Lisboa

Quarenta e três migrantes, de diversas nacionalidades, residentes numa freguesia das Caldas da Rainha foram esta quinta-feira, 23 de abril, testados para a covid-19, devido ao facto de um deles ter estado num hostel, em Lisboa, onde foram detetados 136 casos positivos.

Os testes foram efetuados em duas salas da União de Freguesias de Tornada e Salir do Porto, "por determinação das autoridades de saúde", após terem tido conhecimento de que "um dos homens veio do hostel de Lisboa [onde foi detetado um surto de covid-19]", disse à agência Lusa o presidente daquela junta, Arnaldo Custódio.

Segundo o autarca, o migrante, que integra um grupo de trabalhadores de uma exploração agrícola, "já cá estava desde o dia 3 de abril", sem manifestar qualquer sintoma, "tal como acontece com os restantes, não havendo para já qualquer suspeita de infeção".

Apesar de viverem a menos de um quilómetro da junta de freguesia, os migrantes foram "transportados num autocarro da câmara das Caldas da Rainha para não circularem a pé na localidade", confirmou à Lusa o presidente do município, Fernando Tinta Ferreira.


PUB.


Os homens, com idades entre os 20 e os 30 anos, prestam serviço numa exploração agrícola da freguesia, contratados através de uma empresa de trabalho temporário que, segundo Arnaldo Custódio, "desde segunda-feira tem acompanhado a situação e agora acompanhou também a realização dos testes", cujos resultados deverão ser conhecidos dentro de 48 a 72 horas.

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Comunidade Intermunicipal do Oeste (OesteCim), até às 20:00 de ontem tinham sido confirmados no concelho das Caldas da Rainha 24 casos positivos, dos quais 9 continuam ativos e 12 pessoas recuperam, havendo ainda a registar três óbitos.


PUB.


259 visualizações

1/9

1/10

1/4

1/7

1/7

onde comer

1/10

Periodicidade: Diária

5/28/2020

bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias