top of page

Periodicidade: Diária

1/30/2023

IMG_8005.JPG
311241845_823509548689308_3569564137146519904_n.jpg

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9
310669580_406504034979422_6148166878858998582_n.png
Dr.-Fausto-Roxo.jpg

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

press to zoom
Lino Martins - site
Lino Martins - site

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/6
246195962_283147307146053_4276187675534544123_n.jpg
2_550.jpg
314012987_493269782858541_8091892627052110800_n.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7

onde comer

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8
telefonesuteis.jpg
bannered.png
  • comercioenoticias

Faleceu no IPO de Lisboa a Sra. D. Maria Vitória De Jesus Vitorino Martins, com 69 anos.

Era natural da freguesia de São João da Ribeira, concelho de Rio Maior, e residente em Rua 8 de Setembro, Vale do Barco, São João da Ribeira.

Era casada com o Sr. Luíz dos Santos Martins.

O velório realiza-se na Capela Mortuária de Vale do Barco a partir das 18:00 horas de Domingo.

A cerimónia fúnebre realiza-se Segunda-feira, 30 de Janeiro de 2023, saindo da Capela Mortuária de Vale do Barco às 15:30 horas, passando pela Igreja de São João da Ribeira onde serão celebradas as exéquias fúnebres às 16:00 horas, seguindo para o Cemitério de São João da Ribeira, Concelho de Rio Maior.

A família cumpre o dever de agradecer, a todas as pessoas que acompanharem, o seu ente querido à sua última morada.

Medidas de Prevenção Covid-19: Recomendamos que sejam cumpridas as regras de segurança nomeadamente o uso máscara e o distanciamento social.

941 visualizações0 comentário

Por Lusa

A Rio Maior SAD, que milita na série C do Campeonato de Portugal em futebol, vai esta tarde faltar ao jogo com o Pêro Pinheiro, face aos salários em atraso, comunicou ontem o Sindicato dos Jogadores.

“Na sequência da reunião, e face à total ausência de condições para a continuação da atividade desportiva, os jogadores decidiram cessar a atividade, não comparecendo aos treinos e ao jogo com o Pêro Pinheiro, agendado para hoje, dia 29”, pode ler-se no comunicado divulgado pelo organismo.

De acordo com a nota, “esta decisão deve-se aos sucessivos incumprimentos da administração da SAD do Rio Maior para com os atletas, desde o início da temporada 2022/23, que comprometem a estabilidade profissional e familiar dos jogadores”.

O sindicato adiantou ainda que “acionou os mecanismos financeiros à disposição, para acorrer à gravidade da situação”, enquanto “o plantel exige uma tomada de posição à SAD, face ao sucedido”.

Esta decisão surgiu na sequência da reunião entre o plantel principal do clube, o presidente do Sindicato dos Jogadores, Joaquim Evangelista, e o responsável pelo gabinete jurídico, João Oliveira.



Em declarações à Agência Lusa, Joaquim Evangelista não se mostrou otimista, uma vez que não vislumbrou “nenhuma solução objetiva”.

“Eu não estou otimista. Nas reuniões que tive com os dirigentes não vislumbrei ali nenhuma solução objetiva. Hoje ia haver uma reunião com um investidor novo, dizem, com uma solução que pode, de alguma forma, alterar esta situação. Sinceramente, não acredito”, lamentou.

Para o dirigente, desistir do campeonato é um desfecho provável: “Se não houver mais nenhuma notícia, não vão a mais nenhum jogo. É encontrar uma solução imediata, desvincular os jogadores para eles poderem ir para outros clubes”.

Este é o segundo emblema riomaiorense em vias de desistir do campeonato no qual participa, depois de em 2009 o UD de Rio Maior ter abandonado a então III Divisão, por culpa das dívidas na ordem dos 150.000 euros, dos quais 75.000 às Finanças e o restante a fornecedores, jogadores e treinadores.

Na altura, os 21 jogadores seniores do emblema permaneceram cerca de 25 horas em greve de fome, à porta do Estádio Municipal da cidade, e, posteriormente, o clube apresentou-se nas competições seniores somente com 14 jogadores juniores, evitando as penas de desclassificação, descida de divisão e suspensão por duas épocas das competições nacionais.


599 visualizações0 comentário
  • comercioenoticias

A Associação Sector 9 apresentou este sábado, 28 de janeiro, pelas 11h30, os cartéis que compõem a temporada na Monumental Celestino Graça, no Largo do Seminário em Santarém.

Na ocasião, Ricardo Gonçalves, Presidente da Câmara Municipal de Santarém destacou “o trabalho feito pela Associação Sector 9 em manter a paixão pelas nossas tradições, pela festa brava, garantindo a preservação e continuidade da cultura taurina em Santarém”, reforçando que Santarém é a Capital de Distrito com mais e melhor Festa Brava, deixando o desafio e o desejo de ter em Santarém “a realização de quatro corridas de toiros por época”.



A temporada inicia-se a 19 de março, durante as Festas de São José, com um mano-a-mano entre João Moura Jr. e Francisco Palha. Numa corrida com 6 toiros da ganadaria Murteira Grave, pegam os Forcados Amadores de Santarém e de Évora.

Durante a Feira Nacional de Agricultura realizam-se mais duas corridas nos dias 3 e 10 de Junho. A 3 de junho, há um concurso de ganadarias que conta a participação de Veiga Teixeira, Dr. António Silva, Murteira Grave, Vinhas, Manuela Veiga e Assunção Coimbra. Em praça, vão estar os cavaleiros Rui Fernandes, João Ribeiro Telles e o triunfador da corrida de março, acompanhados pelos Forcados Amadores de Santarém e Montemor.

No dia 10 de junho, destaque para a participação de Pablo Hermoso de Mendoza, que não toureia em Santarém há 19 anos, António Ribeiro Telles e João Salgueiro da Costa para lidar um curro da ganadaria Brito Paes. Em dia de mudança de cabo, pegam em solitário os Forcados Amadores de Santarém.

Os bilhetes vão estar em venda antecipada em www.sector-9.pt, posto de turismo de Santarém e ticketline.

A Associação Sector 9 tem como objetivo de promover e dinamizar a cultura tauromáquica em Santarém, bem como potenciar a atividade socioeconómica e cultural do distrito e do país.


82 visualizações0 comentário
bottom of page