Periodicidade: Diária

5/8/2021

170126998_3992443660791928_5861069096660
coronavirus.jpg

1/9

1/9

1/5
p000029710.jpg
Bicharada - Site
Bicharada - Site

Bicharada - Site
Bicharada - Site

1/8

1/8

onde comer

bannered.png

1/10
Centro Médico de Rio Maior.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg
telefonesuteis.jpg

Com o objetivo de promover o potencial do Ribatejo junto dos mercados internacionais, tendo em vista quer a atração de investimento para a região, quer para o aumento das exportações regionais para o mercado americano, a NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém vai organizar no próximo dia 13 de maio, o Roadshow Estados Unidos da América – Portugal. Estão confirmados mais de 50 participantes americanos.

A NERSANT, no âmbito do projeto financiado Ribatejo Global, tem vindo a dinamizar diversas ações que visam contribuir para o aumento do reconhecimento da qualidade das empresas, produtos e serviços da região do Ribatejo junto dos mercados externos, promovendo a exportação dos produtos e serviços da região e exponenciando o investimento estrangeiro neste território.

No âmbito deste projeto, a NERSANT realiza no próximo dia 13 de maio, uma conferência online com o objetivo de promover os produtos e serviços da região e o investimento americano no Ribatejo, para a qual já está confirmada a presença de mais de 50 participantes dos EUA, desde entidades institucionais, investidores, empresas, importadores e distribuidores de vários setores de atividade, como o Turismo, Agroalimentar, Nutrição, Saúde e higiene, Metalomecânica, Construção, entre outros.


PUB.


O evento, realizado em modo online, inicia pelas 15h00 (hora portuguesa) com a intervenção de Domingos Fezas Vital, Embaixador de Portugal nos EUA, Kristin Kane, Encarregada de Negócios da Embaixada dos EUA em Lisboa, e de Domingos Chambel, Presidente da Direção da NERSANT, seguindo-se uma apresentação da NERSANT e do Ribatejo aos participantes, incluindo uma contextualização económica da região.

O programa do evento prossegue com o painel “Produtos Portugueses com competitividade nos EUA”, onde têm a palavra Ângela Simões, Presidente do Conselho Executivo PALCUS e Rodrigo Duarte, CEO da Gourmet House. João Pedro Mota Pinto, Delegado da AICEP em Nova Iorque e Vicente Ferrer, Chefe do Gabinete Internacional do SANTANDER TOTTA NY, irão falar sobre “os apoios e incentivos para investir em Portugal”.

Segue-se um período de perguntas e respostas por parte dos participantes e a sessão de encerramento, onde está já confirmada a presença de Augusto Amador, Vereador do Ironbound, City of Newark, New Jersey.

A realização desta conferência online, de participação gratuita, é uma das ações organizadas no âmbito do Ribatejo Global, projeto financiado pelo Compete 2020 que tem como objetivos apoiar a internacionalização das empresas e atrair investimento estrangeiro para a região do Ribatejo.


PUB.


13 visualizações0 comentário

O Cercal, localidade do concelho do Cadaval, está a acolher, desde dia 20 de abril, a iniciativa “Museu na Aldeia”, um projeto de intervenção artística e social, que está a envolver os municípios da Rede Cultura 2027 na interligação dos museus e comunidades, procurando reduzir a solidão dos idosos em territórios isolados e com baixa densidade populacional. A próxima sessão acontece dia 11 de maio, pelas 10h00, uma vez mais na coletividade cercalense.

Este projeto é direcionado a idosos ainda autónomos com mais de 65 anos, dos 26 municípios da suprarreferida rede, que vivem em ambientes rurais isolados e demograficamente mais reduzidos e, como tal, limitados no acesso à cultura.

O projeto “Museu na Aldeia” tem como principal objetivo ajudar a combater e reduzir a solidão e isolamento que a atual situação pandémica veio acentuar, principalmente desta faixa da população, que antes já necessitava de maior atenção.

Através de um programa artístico e cultural diferenciador, os profissionais da SAMP – Sociedade Artística Musical de Pousos, em articulação com profissionais dos respetivos museus envolvidos, levam peças de museu às diferentes aldeias para serem reinterpretadas pelos respetivos idosos residentes. A ideia é, posteriormente, ser a aldeia a ir até ao museu apresentar o seu momento e criação culturais.


PUB.


Na primeira sessão, realizada na Associação Cultural Recreativa Desportiva do Cercal no passado dia 20 de abril, foi apresentado o projeto à comunidade, por meio de música, teatro e da interação com os participantes.

Dia 11 de maio, pelas 10h00, acontece, uma vez mais na coletividade do Cercal, nova sessão de animação e esclarecimento.

Depois, dia 22 de junho, pelas 14h30, será a vez da sessão “A peça vai à comunidade”. Nesse âmbito, a peça a expor foi cedida pelo Museu de Figueiró dos Vinhos, museu escolhido para ceder uma peça à comunidade do Cercal, para este efeito, que estará exposta na delegação do Cercal da Junta de Freguesia.

O “Museu na Aldeia” é um projeto financiado pelo POISE – Portugal 2020, através da Iniciativa Portugal Inovação Social, numa parceria do Município de Leiria com os diversos municípios constituintes da Rede Cultura 2027, onde se inclui o Município do Cadaval.


PUB.


25 visualizações0 comentário
  • comercioenoticias

Faleceu no Hospital de Santarém o Sr. Manuel Sabino André, com 85 anos.

Era natural da freguesia de Asseiceira, concelho de Rio Maior, e residente em Rua do Loureiro, Asseiceira, Rio Maior. Era casado com a Sra. D. Maria Albertina Fonseca André.

Velório restrito a 10 pessoas em simultâneo na Capela da Asseiceira a partir das 13:00 horas de Sexta-feira.

A cerimónia fúnebre realiza-se sábado, 08 de Maio de 2021, saindo da Capela da Asseiceira às 11:00 horas, passando pela Igreja da Misericórdia de Rio Maior, onde serão celebradas as exéquias fúnebres às 11:30 horas, seguindo para o Cemitério de Rio Maior, Concelho de Rio Maior.

A família cumpre o dever de agradecer, a todas as pessoas que acompanharem, o seu ente querido à sua última morada.

Medidas de Prevenção Covid-19: Recomendamos o uso máscara e que seja mantida a distância de segurança entre as pessoas.

De acordo com Resolução do Conselho de Ministros n.º 70-A/2020 a realização de funerais está condicionada à adoção de medidas organizacionais, a determinar pelas autarquias locais que exerçam os poderes de gestão dos cemitérios, e que não pode haver exclusão no funeral, apesar do limite de presenças fixado, de cônjuge ou unido de facto, ascendentes, descendentes, parentes ou afins.

507 visualizações0 comentário