Periodicidade: Diária

6/21/2021

11182266_854022357979045_4248525122375635956_n.jpg
coronavirus.jpg

1/9

1/9

1/7
195833600_2205099772958957_6178470572075
Lino Martins - site
Lino Martins - site

Bicharada - Site
Bicharada - Site

Lino Martins - site
Lino Martins - site

1/9
Extreme Peste - Site
Extreme Peste - Site

Extreme Peste - Site
Extreme Peste - Site

1/8

onde comer

bannered.png

1/10
Centro Médico de Rio Maior.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg
telefonesuteis.jpg

A Dona Remilde, utente com mais idade do Lar Fausta Sequeira Nobre, em Rio Maior, assinalou este sábado, 19 de junho, o seu 103.º aniversário.

A Direção e todos os trabalhadores e colaboradores do Lar Fausta Sequeira Nobre revelaram uma enorme alegria em participar em mais uma data festiva da Dona Remilde.


PUB.


A data foi assinalada da forma possível, cumprindo as regras da DGS, e no final foi possível verificar que a aniversariante se encontrava muito feliz, bastante conversadora e bem-disposta.

Os escuteiros de Rio Maior fizeram questão de estar presentes cantando-lhe os parabéns.

“Foi, sem dúvida, um dia Feliz!”, revelaram os elementos da direção do Lar Fausta Sequeira Nobre.


PUB.


950 visualizações0 comentário
  • comercioenoticias

O concelho de Rio Maior registou hoje 6 novos casos do vírus SARS-CoV-2, fazendo subir para 15 o número de infeções ativas, a grande maioria deles na União de Freguesias de São João da Ribeira e Ribeira de São João.

Até à data de hoje, 19 de junho, foram reportados no concelho de Rio Maior 2.441 casos de Covid-19, sendo que destes 2.374 estão já recuperados. O número de infeções ativas é agora de 9, havendo a lamentar até ao momento 52 vítimas mortais, 46 delas referente a pessoas idosas, cinco de pessoas na casa dos sessenta anos, e o outro na casa dos cinquenta.

Segundo o Agrupamento dos Centros de Saúde da Lezíria do Tejo no concelho de Rio Maior encontram-se hoje 101 pessoas em vigilância ativa, menos 1 comparativamente ao dia de ontem, sabendo o Comércio & Notícias que englobado nestes números está uma turma do 7.º ano da Escola Fernando Casimiro.

O Distrito de Santarém registou hoje 37 novos casos, 23 na região da Lezíria do Tejo, 6 em Rio Maior e Santarém, 4 no Cartaxo e Salvaterra de Magos, e 1 na Chamusca, Golegã e Alpiarça, e 13 no Médio Tejo, 4 em Abrantes, 3 em Constância e Torres Novas, e 1 no Entroncamento, Mação, Ourém e Sardoal.


PUB.


Santarém é o concelho do distrito com mais casos ativos (63), seguindo-se-lhe Abrantes (44), Salvaterra de Magos (21), Tomar (18), Cartaxo (16) e Rio Maior, Sardoal e Entroncamento (15).

Ferreira do Zêzere é por agora o único concelho do distrito que já não têm qualquer caso ativo.

No distrito houve hoje 3 recuperações, todas na região da Lezíria do Tejo, 2 em Alpiarça e 1 em Santarém.

O concelho de Santarém é o que tem o número total de casos mais elevado do distrito (4.556), seguindo-se Ourém com 3.061, Tomar 2.525, Rio Maior 2.441 e Torres Novas com 2.020. No lado inverso encontram-se os concelhos de Constância com 167 casos, Sardoal 199 e Vila Nova da Barquinha 275.

No distrito de Santarém o número total de casos de Covid é de 28.637, havendo a lamentar até ao momento 858 óbitos.

A nível nacional há registo hoje de mais 1 vítima mortal associada à pandemia. Nas últimas 24 horas houve 1.183 novos casos e mais 884 recuperados.


PUB.


710 visualizações0 comentário

O desabamento de um prédio em construção na cidade de Antuérpia, na Bélgica, ocorrido na tarde desta sexta-feira, 18 de junho, provou a morte de três trabalhadores, um deles de nacionalidade portuguesa, natural da Benedita, concelho de Alcobaça.

Outra das vítimas mortais é de nacionalidade romena, desconhecendo-se a origem da terceira vítima. Há ainda dois trabalhadores portugueses desaparecidos, e outro internado num hospital local com ferimentos.

Além dos portugueses, o desabamento na cidade belga provocou, pelo menos, nove feridos, que foram transportados para o hospital, entre os quais se incluem quatro romenos e dois ucranianos. Há ainda dois homens de nacionalidade desconhecida. O último balanço indica que um deles já teve alta hospitalar e os restantes estão fora de perigo.

As vítimas eram trabalhadores da empresa Goorden Bouw Service, que estava a construir um estabelecimento escolar na cidade de Antuérpia. Estariam a laborar nas fachadas do edifício, em cima de andaimes, quando o prédio desabou, atingindo vários trabalhadores, entre eles Carlos Quitério da Benedita, o qual residia com a companheira há cerca de um ano naquela cidade belga.


PUB.


Presidente da República lamenta acidente

O Presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, lamentou ainda ontem o acidente de trabalho que envolveu trabalhadores portugueses.

Através de uma nota publicada na página oficial da Presidência da República na Internet, Marcelo Rebelo de Sousa “apresenta condolências à família dos compatriota que morreu na Bélgica”.


PUB.



5,767 visualizações0 comentário