Periodicidade: Diária

11/28/2020

coronavirus.jpg

1/9

1/9

1/8

1/7

onde comer

bannered.png

A Polícia Judiciária, através da Unidade Nacional Contraterrorismo (UNCT), procedeu ontem, 26 de novembro, em sede de inquérito titulado pelo DIAP da Lourinhã, à realização de uma operação tendo em vista o cumprimento de vários Mandados de Busca, domiciliária e não domiciliária, bem como de cinco Mandados de Detenção fora de flagrante delito.

Desta ação policial, cujos objetivos foram atingidos, e que teve lugar em Peniche, Bombarral, Rio Maior, Aveiro e Lourinhã, resultou a efetiva detenção fora de flagrante delito, de cinco indivíduos, três mulheres e dois homens, pela indiciada prática de crimes de lenocínio e de associação criminosa.


PUB.


Os arguidos com idades compreendidas entre os 25 e os 66 anos, foram nesta data conduzidos a Tribunal para sujeição a primeiro interrogatório judicial e consequente aplicação de medida de coação.


PUB.



Duas mulheres de 45 e 55 anos foram hoje, 27 de novembro, detidas por militares da GNR do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), por maus-tratos a menores, no concelho de Caldas da Rainha.

Na sequência de diligências de investigação que decorriam há cerca de 15 dias, os militares apuraram que as suspeitas haviam infligido maus-tratos físicos a pelo menos sete crianças, com idades compreendidas entre os cinco meses e cinco anos, numa creche.

As suspeitas exerciam igualmente um total controlo sob as restantes funcionárias ali existentes, sob coação e ameaças, no sentido de não serem tornados públicos os maus-tratos que haviam praticado aos menores, os quais eram muitas vezes presenciados pelas colaboradoras.


PUB.


A GNR deu cumprimento a dois mandados de detenção e as detidas encontram-se nas instalações da GNR até serem presentes ainda hoje, dia 27 de novembro, ao Tribunal Judicial de Leiria para aplicação de medidas de coação.


PUB.



Na sequência do surto de Covid-19 que na última sexta-feira, 20 de novembro, foi detetado no lar Fausta sequeira Nobre, em Rio Maior, o Comércio & Notícias sabe de fonte segura que cinco destes utentes já foram transportados ao Hospital de Santarém, sendo que quatro deles se mantém internados, entre eles uma mulher com 102 anos.

Recorde-se que este surto atingiu treze utentes e também três funcionários, sendo que já no início desta semana a direção do Lar Fausta Sequeira Nobre emitiu um comunicado onde dizia que todos os utentes se mostravam assintomáticos.


PUB.


Apesar dos diversos contactos telefónicos efetuados durante o dia de hoje o Comércio & Notícias não conseguiu falar com nenhum elemento da direção deste lar.

Recorde-se que à data de hoje o concelho de Rio Maior registou já 251 casos, sendo que 161 pessoas estão já recuperadas e 86 mantém a infeção ativa. Há registo também de 5 vítimas mortais, sendo que o último óbito não foi ainda reportado pelo que não consta do mapa diário da situação epidemiológica da Covid-19.


PUB.


©2020 por Comércio & Notícias