Periodicidade: Diária

12/1/2020

coronavirus.jpg

1/9

1/9

1/8

1/7

onde comer

bannered.png
  • comercioenoticias

Subiu para 106 os casos ativos de Covid-19 no concelho de Rio Maior, após terem sido reportados hoje, 30 de novembro, 14 novos casos, num que fica também marcado pela recuperação de mais duas pessoas.

Saliente-se que só nos últimos cinco dias foram conhecidos 53 novos casos no concelho de Rio Maior.

Até ao momento registaram-se 285 casos de Covid-19 em todo o concelho, sendo que destes 173 estão já recuperados, 106 mantém a infeção ativa e 6 acabaram por falecer (5 pessoas na casa dos 80 anos e também uma com 60 anos de idade).

Segundo o Agrupamento dos Centros de Saúde da Lezíria no concelho de Rio Maior encontram-se hoje 333 pessoas em vigilância ativa, mais 46 comparativamente ao dia de ontem.


PUB.


Santarém é o concelho da Lezíria do Tejo com mais casos ativos (222), segue-se o concelho do Cartaxo (119), Rio Maior (106), Salvaterra de Magos (89), Chamusca (47), Almeirim (43), Coruche (39), Golegã (19) e Alpiarça (4).

No distrito de Santarém o número de casos de Covid ascende já os 6.800 sendo que mais de 2 mil deles se mantém ativos. Até ao momento há a lamentar 142 óbitos no distrito.

A nível nacional registo hoje para mais 78 vítimas mortais e 3.262 novos casos. Há hoje mais 3.408 recuperados.


PUB.


  • comercioenoticias

Militares da GNR do Núcleo de Proteção Ambiental de Santarém, no passado dia 19 de novembro, em propriedade privada, no concelho de Benavente, recuperaram uma coruja das torres "Tyto alba" ferida, com uma asa partida e bastante debilitada.


PUB.


A coruja das torres foi transportada ao ICNF/PNSAC com sede em Rio Maior, para tratamento e recuperação e será restituída ao seu habitat natural posteriormente.


PUB.


  • comercioenoticias

Um violento despiste ocorrido ao início da madrugada desta segunda-feira, 30 de novembro, na Rua José Relvas, em Alpiarça, foi fatal para a condutora do veículo ligeiro de passageiros, uma mulher de 29 anos.

O acidente aconteceu cerca da 01h30, tendo Vanessa Batista, a condutora, perdido o controle do carro, numa curva, e embatido com extrema violência no muro de uma habitação, ficando a viatura imobilizada no seu quintal.

À chegada dos meios de socorro a jovem mulher encontrava-se em paragem cardiorrespiratória, e apesar das várias tentativas de reanimação efetuadas pela equipa médica da VMER o óbito foi declarado no local.

Vanessa Batista, natural de Almeirim, era bastante conhecida na região, trabalhando na Casa das Caralhotas, um estabelecimento de restauração situada na cidade almeirinense. Com ela viajava um jovem de 19 anos que sofreu apenas ferimentos ligeiros e foi assistido no Hospital de Santarém.

Envolvidos no socorro estiveram os Bombeiros Municipais de Alpiarça e a equipa médica da VMER do Hospital de Santarém, num total de 11 operacionais apoiados por 5 viaturas.


PUB.


No local esteve também a GNR que está a investigar as causas em que ocorreu este trágico acidente.

Vanessa Batista era solteira e deixa uma filha de 12 anos de idade. A sua morte está a gerar uma enorme onda de dor e consternação no seio familiar e no seu elevado rol de amigos.


PUB.



©2020 por Comércio & Notícias