Periodicidade: Diária

3/3/2021

coronavirus.jpg

1/8

1/9

1/7
de12ff219134b17bddc3fc8874a073ef.gif

1/6

onde comer

1/5
bannered.png

Militares da GNR do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Torres Vedras, ontem, dia 2 de março, apreenderam 21 animais no decorrer de uma ação de fiscalização a uma exploração pecuária, no concelho de Torres Vedras.

No decorrer de uma ação de fiscalização das condições de laboração, licenciamento, encaminhamento de efluentes pecuários e sanidade animal de uma exploração pecuária, os elementos do NPA verificaram a existência de várias irregularidades, tais como a existência de diversos animais não identificados com marca auricular e a detenção de espécies cinegéticas em cativeiro, sem a devida licença, tendo sido elaborado quatro autos de contraordenação. Da ação resultou ainda a apreensão de 21 animais.


PUB.


A Guarda Nacional Republicana relembra que, através do Serviço da Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA), tem como preocupação diária a proteção dos animais, tendo atribuída nas suas competências a observância das disposições legais no âmbito sanitário e de proteção animal. Este controlo visa principalmente verificar as condições em que os animais se encontram e garantir que estão devidamente identificados para a despistagem de doenças.


PUB.


285 visualizações0 comentário

O concelho de Rio Maior registou nas últimas 24 horas 8 novos casos do vírus SARS-COV-2, num dia em que mais 10 pessoas recuperaram da infeção, o que faz baixar para 67 o número de casos ativos.

Até à data de hoje, 3 de março, foram reportados no concelho de Rio Maior 2.215 casos de Covid-19, sendo que destes 2.098 estão já recuperados. O número de infeções ativas é agora de 67, havendo a lamentar até ao momento 50 vítimas mortais, 44 delas referente a pessoas idosas, cinco de pessoas na casa dos sessenta anos, e o outro na casa dos cinquenta.

Segundo o Agrupamento dos Centros de Saúde da Lezíria no concelho de Rio Maior encontram-se hoje 60 pessoas em vigilância ativa, menos quatro comparativamente ao dia de ontem.

No Distrito de Santarém o número de novos casos voltou hoje a subir, havendo registo esta quarta-feira de 38 novos casos, 20 na região da Lezíria do Tejo e 18 no Médio Tejo, tendo Rio Maior sido hoje o concelho do Distrito com mais casos (8), seguido do Sardoal com 7, Almeirim com 5, Tomar, Salvaterra de Magos, Alcanena e Santarém com 3, Abrantes com 2, e Coruche, Vila Nova da Barquinha, Entroncamento e Constância com 1.

Os concelhos de Alpiarça, Cartaxo, Chamusca, Golegã, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém e Torres Novas não registaram hoje qualquer caso.


PUB.


Santarém é o concelho da Lezíria do Tejo com mais casos ativos (88), seguindo-se-lhe Rio Maior com (67), Almeirim (36), Salvaterra de Magos (26), Coruche (17), Cartaxo (14), Golegã (7), e Chamusca e Alpiarça (4).

No distrito de Santarém o número de casos de Covid ascende já os 27 mil, sendo que já são menos de mil os que se mantém ativos. Até ao momento há a lamentar 820 óbitos no distrito.

A nível nacional registo hoje para mais 41 vítimas mortais e 979 novos casos. Houve hoje mais 1.934 recuperados.


PUB.


137 visualizações0 comentário
  • comercioenoticias

A Câmara de Santarém aprovou o reforço do Apoio Financeiro Extraordinário dirigido aos Munícipes no montante de 70 mil euros, de forma a mitigar os efeitos económicos e sociais decorrentes da pandemia Covid-19.

Esta medida conta com a parceria da Santa Casa da Misericórdia de Pernes e do Centro Humanitário Santarém/Cartaxo da Cruz Vermelha Portuguesa, com vista à operacionalização do apoio financeiro.

O apoio financeiro agora aprovado, que pode vir a ser reforçado em caso de necessidade, tem como objetivo permitir a aquisição de géneros alimentares e outros bens de primeira necessidade, tais como produtos de higiene pessoal, da habitação e produtos para bebés, o apoio nas despesas de eletricidade e gás, entre outras que se revelem imprescindíveis ao bem-estar dos munícipes. Os apoios são avaliados pelo Município de Santarém e pelas entidades parceiras, em estreita ligação com todos os parceiros do Conselho Local de Ação Social.


PUB.


Os meios financeiros disponibilizados visam reforçar a capacidade de resposta dirigida aos Munícipes em situação de vulnerabilidade social, sendo complementar aos recursos já existentes por via de programas e medidas nacionais e locais.

A presente medida decorre até dia 31 de dezembro de 2021 e tem como beneficiários residentes, em permanência, no Município de Santarém.


PUB.


52 visualizações0 comentário

©2021 por Comércio & Notícias