Periodicidade: Diária

3/6/2021

coronavirus.jpg

1/8

1/9

1/7
de12ff219134b17bddc3fc8874a073ef.gif

1/6

onde comer

1/5
bannered.png
  • Comercio Noticias

A Vila de Azambuja volta a atrair a atenção gastronómica da região, de 1 a 3 de novembro, com mais uma edição da “Festa do Torricado”. O evento decorrerá no Pavilhão do Grupo Desportivo de Azambuja, junto ao posto da GNR, com animação diária entre momentos de música e dança e uma exposição/venda de artesanato.

A iniciativa é uma parceria entre o Grupo Desportivo (GDA), o Rancho Folclórico Ceifeiras e Campinos de Azambuja e a Junta de Freguesia de Azambuja e conta com o apoio da Câmara Municipal de Azambuja. O mote da festa continua a ser preservar, prestigiar e divulgar o célebre “Torricado”, o embaixador de maior vulto da gastronomia do Concelho de Azambuja e uma das bandeiras da herança sociocultural da sua população.

No primeiro dia, 1 de novembro, sexta-feira (feriado), a inauguração está marcada para as 12h00 com a participação da Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Azambuja. As iguarias começam a chegar à mesa a partir das 12h30 e o serviço de jantares começa às 19h00. A primeira noite será animada com a atuação do grupo de sevilhanas “Las Hermosas” do Club Azambujense.

Idênticos horários no sábado, dia 2, com o serviço de almoços desde o meio-dia e meio e jantares a partir das 19h00. O segundo serão terá a animação musical pelo “Grupeto do Coreto” da Terra Velhinha.

Dia 3 de novembro, domingo, pelas 12h30, abre-se a derradeira oportunidade para visitar a “Festa do Torricado”, em Azambuja, e saborear esta especialidade típica da lezíria ribatejana que, neste concelho, é feita com tanto gosto, carinho e saber.

De referir, que esta iniciativa é integrada na marca “AZAMBUJA TERRA DO TORRICADO”, lançada pelo município em outubro de 2018 com o objetivo de promover o Torricado e todas as manifestações culturais a ele associadas. Uma marca fortalecida com a parceria, nomeadamente, das Juntas de Freguesia e de várias associações socioculturais do concelho aderentes, que ao longo do ano promovem o Torricado nos seus eventos.

O Município de Azambuja dá, assim, mais um passo, no âmbito do produto gastronomia e vinhos, numa aposta clara na defesa e promoção da sua identidade e das potencialidades do seu território.


17 visualizações0 comentário

A TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior está, novamente, a receber candidaturas de projetos a implementar em Abrantes, Constância e Sardoal, aos apoios do PDR2020 que se insiram na operação” Pequenos Investimento na Transformação e Comercialização de Produtos Agrícolas”.

O aviso, que vai estar aberto até 29 de novembro, tem uma dotação orçamental de 205 mil euros, provenientes do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR2020), através do Portugal 2020 e cofinanciados pelo Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural (FEADER).

As candidaturas aos “Pequenos Investimentos na Transformação e Comercialização de Produtos Agrícolas” devem contribuir para o processo de modernização e capacitação de empresas desta área. Os pedidos podem ir até aos 200 mil euros e obterem um financiamento a fundo perdido de 45 por cento das despesas elegíveis.

Serão mais pontuados os projetos, que se insiram nas prioridades definidas na Estratégia de Desenvolvimento Local da TAGUS, ou seja, investimentos relacionados com os sectores do azeite, dos produtos biológicos, dos frutos vermelhos e dos hortofrutícolas. São, também, priorizados pedidos de apoio que criem dois ou mais postos de trabalho e que invistam na melhoria da eficiência energética e visem ao uso eficiente dos recursos. São, ainda, valorizados projetos com software aplicacional, como criação de plataforma de comercialização online ou sítio na Internet.

Esta é já a sexta abertura do período de candidaturas a esta medida (10.2.1.2.), desde que começou a implementação do Desenvolvimento Local de Base Comunitária (DLBC) Rural, e a segunda em 2019. Na Transformação e Comercialização de Produtos Agrícola, a TAGUS já aprovou 13 candidaturas, que somam um investimento de mais de 1,3 milhões de euros, comparticipados em cerca de meio milhão de euros. A maioria dos projetos incide no setor olivícola, havendo ainda projetos vinícolas e um de desidratação de frutas.

Se pretende obter mais informação sobre esta matéria relacionada com os apoios, deve consultar o aviso e a legislação aplicável no sítio na Internet da TAGUS (tagus-ri.pt) ou do PDR2020 (em www.pdr-2020.pt). Para tirar dúvidas poderá contactar este Grupo de Acão Local e agendar reunião.


8 visualizações0 comentário
  • Comercio Noticias

Faleceu no Lar de Abuxanas o Exm.º Senhor José Joaquim, com 69 anos.

Era residente na Rua do Vale Casal, n.º 18, Bairradas.

O corpo encontra-se em câmara ardente na Capela de Bairradas.

O funeral realiza-se segunda-feira, 28 de outubro de 2019, às 15:30 horas, na Capela de Bairradas.

Logo após a celebração das cerimónias religiosas, sai o cortejo fúnebre e o corpo vai a sepultar no cemitério de Landal.

A família agradece, desde já, a todas as pessoas das suas relações e amizade, que se dignem acompanhá-lo à sua última morada.


30 visualizações0 comentário

©2021 por Comércio & Notícias