Periodicidade: Diária

4/16/2021

empresa_01.jpg
coronavirus.jpg

1/8

1/9

1/5

1/8

onde comer

bannered.png

1/10

Abril é o mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância – Campanha do Laço Azul. A Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção de Crianças e Jovens (CNPDPCJ) assinala a data com diversas iniciativas para alertar a sociedade de um problema que atinge muitas crianças.

Para assinalar a data, na sequência de uma proposta de colaboração da CNPDPCJ com os Municípios para a iluminação de um edifício público para dar visibilidade à campanha, a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens da Nazaré sugeriu à Autarquia a iluminação do Ascensor da Nazaré com luz azul.

A proposta foi aceite e o postal internacional da Nazaré está, desde ontem, iluminado a azul.

A comissão de Proteção de Crianças e Jovens da Nazaré projetou, ainda, a construção de um laço azul gigante no areal da praia da Nazaré para o próximo dia 30 de abril, encerrando, dessa forma, a campanha.


PUB.


O laço está a ser construído com tecidos entregues pelas crianças dos jardins de infância e escolas do concelho.

“Temos esperança que as atividades propostas sensibilizem a comunidade para estas realidades, mas que também nos engrandeça enquanto comunidade que se une e mobiliza na defesa do interesse comum e na defesa das nossas crianças, para quem idealizamos o melhor dos futuros: tempo e oportunidade para brincar, com saúde, ensino, proteção, direito, família e uma comunidade atenta aos seus direitos fundamentais, para que cresçam protegidas e felizes”, refere a Presidente da CPCJ da Nazaré, Professora Filomena Faria.


PUB.


29 visualizações0 comentário

A Polícia Judiciária, através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo, na sequência de uma operação policial realizada ontem, 15 de abril, localizou, identificou e deteve três homens, de 49, 40 e 39 anos, fortemente indiciados pela prática de crimes de roubo agravado, sequestro, extorsão e detenção de arma proibida.

Os factos foram cometidos no passado mês de março, quando dois dos ora detidos, seguindo as ordens e instruções do terceiro, conjuntamente com três outros homens ainda por identificar, introduziram-se, ameaçaram, amarraram, amordaçaram e agrediram as duas vítimas – um homem e uma mulher – na residência destas, visando apropriarem-se de duzentos mil euros, que supostamente teriam em casa.

Não tendo logrado esse intento, os detidos roubaram diversos bens das mesmas, entre os quais documentos pessoais, cartões bancários, computadores, telemóveis e dois mil euros em numerário.

Nos dias seguintes, as vítimas foram várias vezes contactadas pelos suspeitos, os quais, recorrendo a ameaças contra a vida, exigiam a entrega de avultada quantia monetária.


PUB.


No decorrer das diligências ontem efetuadas, foi apreendido relevante material probatório e comprovativo da atividade criminosa.

Foram apreendidos, entre outros, mais de uma dezena de passaportes estrangeiros verdadeiros, títulos de residência e cartões de crédito e débito.

Os detidos serão presentes a primeiro interrogatório judicial, no qual serão sujeitos à aplicação das medidas de coação processual adequadas e a Polícia Judiciária irá prosseguir a investigação, no sentido de apurar a eventual participação dos mesmos em outros crimes semelhantes, bem como a identificação dos coautores por localizar.


PUB.


46 visualizações0 comentário

Militares da GNR do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Coruche, no dia 14 de abril, detiveram quatro homens e duas mulheres, com idades compreendidas entre os 21 e 31 anos, quatro dos quais sujeitos à medida de coação de prisão preventiva, numa operação de combate ao tráfico de estupefacientes, na localidade de Samora Correia, concelho de Benavente.

A operação, que envolveu mais de 100 militares, decorreu na sequência de uma investigação por tráfico de estupefacientes e resultou no desmantelamento de um grupo de indivíduos organizado, com funções bem definidas, e que se dedicava à aquisição de produto estupefaciente e posterior acondicionamento em doses individuais prontas para venda e distribuição ao consumidor no concelho de Benavente, com especial incidência na localidade de Samora Correia.

No decorrer das diligências policiais, foram realizadas 13 buscas, seis domiciliárias e sete a veículos, que resultaram na apreensão de 158 doses de haxixe, sementes de canábis, 4 512 euros em numerário, uma arma de fogo adaptada, um gás pimenta, 12 telemóveis, diverso material relacionado com a prática do ilícito e diverso material eletrónico.


PUB.


Os seis detidos, três deles com antecedentes criminais por roubo com arma de fogo, sequestro, ofensas à integridade física qualificada, detenção de arma proibida e por tráfico de estupefacientes, foram presentes a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Santarém ao final do dia de ontem, 15 de abril, onde a quatro dos quais lhes foram aplicadas as medidas de coação de prisão preventiva e aos outros dois, apresentações trissemanais no posto policial da área de residência.

A operação contou com o reforço dos Postos Territoriais do Destacamento Territorial de Coruche, da Secção de Informações e Investigação Criminal (SIIC) e Destacamento de Intervenção (DI) do Comando Territorial de Santarém, do Grupo de Intervenção de Ordem Pública (GIOP) e do Grupo de Intervenção de Operações Especiais (GIOE).



PUB.


107 visualizações0 comentário

©2021 por Comércio & Notícias