Periodicidade: Diária

6/24/2021

11182266_854022357979045_4248525122375635956_n.jpg
coronavirus.jpg

1/9

1/9

1/7
IMG-20210621-WA0002.jpg
Lino Martins - site
Lino Martins - site

Bicharada - Site
Bicharada - Site

Lino Martins - site
Lino Martins - site

1/9
Extreme Peste - Site
Extreme Peste - Site

Extreme Peste - Site
Extreme Peste - Site

1/8

onde comer

bannered.png

1/10
Centro Médico de Rio Maior.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg
telefonesuteis.jpg
  • comercioenoticias

Um homem com 36 anos de idade foi esta terça-feira, 22 de junho, detido pela GNR de Coruche por tráfico de estupefacientes e condução sem habilitação legal, no concelho de Coruche.

No âmbito de uma ação de fiscalização rodoviária, os militares abordaram o condutor de um motociclo que circulava sem chapa de matrícula.

No decorrer da ação, aa autoridades apuraram que o suspeito não possuía habilitação legal para conduzir e estava em posse de produto estupefaciente, devidamente empacotado e pronto para vender ao consumidor.


PUB.


No seguimento das diligências policiais, foi efetuada uma revista ao suspeito e uma busca domiciliária que culminou na apreensão de diverso material associado ao tráfico de produtos estupefacientes, nomeadamente: 143 doses de canábis. 87 doses de haxixe, várias sementes de canábis para venda, dois telemóveis, uma balança de precisão, uma faca de corte e diverso material usado no acondicionamento do produto estupefaciente.

O detido foi presente hoje, dia 24 de junho, a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Santarém para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.


PUB.


5 visualizações0 comentário

O livro “O menino que tinha um coração de sol” foi apresentado ontem, 23 de junho, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, na presença de Ricardo Gonçalves, Presidente da Câmara Municipal de Santarém (CMS), Rui Ferreira, Presidente da Junta de Freguesia de Abrã, Inês Barroso, Vice-Presidente da CMS e Cristina Casanova, Vereadora da CMS.

A obra, lançada pelo Centro Social Paroquial de Santa Margarida de Abrã, é uma homenagem ao Comendador Joaquim José Louro Pereira, que sempre pautou a vida pelo altruísmo e resiliência.

Ricardo Gonçalves, recordou Joaquim José Louro, como “um homem que ninguém poderá esquecer, que sempre se preocupou com os outros e com a comunidade, deixando grandes obras. Este é um livro que retrata a caminhada do Quim Zé (como era conhecido entre os amigos) pela vida, de uma forma pura e genuína, através de uma história que vai passar de avós para netos”.


PUB.


Este livro, escrito com a colaboração dos avós apoiados pelo projeto Semear Afetos, conta uma história de um herói sem capa, onde são cultivados valores e afetos e tem como objetivo inspirar as crianças a seguirem os seus sonhos e o exemplo de generosidade do Comendador e de ajuda aos outros.

O livro, que assinala o 10.º aniversário da abertura da 1.ª resposta social “Creche Mãe Celeste”, pode ser adquirido nas diferentes valências da instituição ou online através das suas redes sociais.


PUB.


7 visualizações0 comentário
  • comercioenoticias

A Startup Santarém acolheu dia 21 de junho os parceiros do consórcio internacional Starting Up 4 Inclusion, projeto liderado pelo Instituto Politécnico de Santarém que tem como parceiros a NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém, a Associação Croata de Síndrome de Down e do Centro para a Inovação Social do Chipre. Na reunião, foi realizado um balanço das atividades realizadas ao abrigo deste projeto internacional.

A NERSANT, a par do IPSantarém, da Associação Croata de Síndrome de Down e do Centro para a Inovação Social do Chipre, é um dos parceiros do projeto internacional Starting Up - Accelerators Of Entrepreneurship 4 Inclusion, tendo recebido os parceiros para uma reunião de balanço do projeto na Startup Santarém, no dia 21 de junho.

Na reunião, o consórcio internacional – que tem como objetivo criar oportunidades de entrada no mercado de trabalho a jovens com dificuldades intelectuais e de desenvolvimento (DID) e com um grau de incapacidade até 60% – fez um balanço das atividades desenvolvidas ao longo da implementação do projeto.

Uma destas atividades foi a criação – na qual a NERSANT foi parceiro responsável enquanto líder da atividade – do Curso de Formação de Empreendedorismo para Mentores e Alunos com uma abordagem de Curso Online Aberto Massivo (MOOC), que foi desenvolvido de acordo com as necessidades dos alunos com dificuldades intelectuais e de desenvolvimento (DID) e que está já a ser testado esta semana no IPSantarém.


PUB.


Os dois cursos principais de aprendizagem sobre empreendedorismo e empregabilidade em curso destinam-se, desta forma, a dois tipos de público-alvo distintos: mentores e alunos DID, permitindo uma aprendizagem personalizada ao ritmo de cada utilizador, sendo que para tal, foram introduzidos conteúdos de aprendizagem criados com metodologias inovadoras para os diferentes contextos dos formandos.

Para os mentores, o curso pretende que estes sejam agentes de inclusão, através do envolvimento de pessoas com deficiência no mercado de trabalho e da realização de desafios e oportunidades de empregabilidade, para este público, em ambiente digital. Por outro lado, o curso de formação destinado aos alunos pretende ajudar os formandos a desenvolver novas competências sociais e profissionais, promovendo a inclusão social, através, entre outros, da criação de um perfil vencedor.

No âmbito do desenvolvimento desta atividade, coube à NERSANT identificar e criar ferramentas para mentores que trabalham com grupo-alvo DID, desenvolver conteúdos interativos e visuais para aumentar a motivação dos alunos, entender as necessidades do mercado de trabalho onde estes participantes DID podem assumir um papel importante, bem como desenvolver conteúdos que ajudem a fortalecer as competências no mercado trabalho, tanto ao nível da empregabilidade como ao nível do empreendedorismo.

Os cursos de formação integrados no MOOC do projeto foram inicialmente desenvolvidos em inglês, e posteriormente disponibilizados também nos idiomas dos parceiros do projeto, nomeadamente idioma Português, Croata e Grego no dialeto Cipriota.

Para além dos cursos MOOC, a reunião fez ainda um balanço das restantes atividades em curso no âmbito do projeto, entre elas o desenvolvimento de Diretrizes Pedagógicas e Didáticas, o desenvolvimento da Plataforma de rede para a empregabilidade e desenvolvimento de E-portfolios e VideoPaths.

No âmbito Starting Up 4 Inclusion, decorrem ainda durante esta semana outras atividades, nomeadamente uma receção, dia 24 de junho, pelas 15h00, na Câmara Municipal de Santarém e o evento “Digital Literacy For The Labour Market Inclusion”, no dia 25, pelas 09h30, onde serão apresentados programas, projetos, redes de interação em Literacia Digital e políticas de inovação e onde a NERSANT vai de igual modo participar.

De referir que o projeto Starting Up4Inclusion tem como parceiros, para além da NERSANT, o Instituto Politécnico de Santarém, a Associação Croata de Síndrome de Down e o Centro para a Inovação Social do Chipre. O mesmo é cofinanciado pelo Programa ERASMUS+ no âmbito do Programa Juventude em Ação.


PUB.


5 visualizações0 comentário