Periodicidade: Diária

8/4/2020

1/11

1/10

1/8
9wx7mfsuv6n25r209a0dags5s.jpg

1/8

1/11
hqdefault.jpg

onde comer

bannered.png
  • comercioenoticias

Militares da GNR do Posto Territorial de Marinhais, ontem, dia 3 de agosto, detiveram um homem com 34 anos de idade para cumprimento efetivo de pena de prisão por homicídio, dano e posse ilegal de arma, em Marinhais, no concelho de Benavente.

No decurso de uma fiscalização rodoviária, os militares ao fiscalizarem o condutor, aperceberam-se que a carta de condução apresentada era falsificada. Após ser confrontado com este facto, o condutor iniciou a fuga, tendo-se despistado pouco depois. Foi intercetado e detido e, no seguimento das diligências policiais, foram-lhe apreendidos os seguintes objetos por se desconhecer a sua proveniência: 900 euros em numerário, dois cartões de crédito pertencentes a outros cidadãos e dois relógios.


PUB.


As autoridades verificaram posteriormente que o suspeito tinha pendente desde 2018, um mandado de detenção para cumprimento efetivo da pena de 15 anos pelo crime de homicídio simples, dano e posse ilegal de arma.

O detido foi conduzido posteriormente ao Estabelecimento Prisional de Lisboa para cumprimento da pena.

A ação contou com o apoio dos militares do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) e Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Coruche.


PUB.


  • comercioenoticias

Após alguns anos sem um dos seus ex-libris as Salinas de Rio Maior voltam a ter as suas tradicionais picotas, numa iniciativa conjunta da Câmara Municipal de Rio Maior e da Cooperativa Agrícola dos Produtores de Sal.


PUB.


As duas picotas, que antigamente serviam para retirar a água salgada do poço que “alimenta” as salinas, e que tinham sido retiradas devido ao seu mau estado de conservação e consequente risco de queda, voltam agora a embelezar o coração das Salinas, com a colocação de novos postes e respetivos acessórios, numa intervenção apoiada pela autarquia e que contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Filipe Santana Dias, do vereador do Turismo, Miguel Santos, e do presidente da Cooperativa Agrícola dos Produtores de Sal, José Casimiro Ferreira, no acompanhamento dos trabalhos.


PUB.



O Município de Azambuja concluiu a intervenção, em Aveiras de Cima, com o objetivo de melhorar a segurança rodoviária numa das principais entradas e saídas desta vila.

Os trabalhos consistiram na construção de um novo muro de suporte de terras, que permitiu alargar o troço inicial da Rua de Almarges, onde esta via entronca com a E.N. 366 junto à Igreja Paroquial de Aveiras de Cima. A obra contemplou, igualmente, a reconstrução do respetivo passeio pedonal.

Tratando-se da combinação de um entroncamento com uma curva, e sendo uma zona de tráfego muito intenso, esta intervenção melhorou consideravelmente as condições de segurança para a circulação de veículos e de peões.


PUB.


Refira-se a colaboração da paróquia de Aveiras de Cima, que cedeu a faixa de terreno para o alargamento da curva, numa obra desejada pela população local e há muito reivindicada pela Junta de Freguesia de Aveiras de Cima.

Esta empreitada representa um investimento de 48 mil euros.


PUB.


©2020 por Comércio & Notícias