Periodicidade: Diária

1/16/2021

coronavirus.jpg

1/9

1/11

1/6

1/7

1/6

onde comer

1/5
bannered.png
  • comercioenoticias

Subiu para 290 o número de casos ativos no concelho de Rio Maior, numa sexta-feira que fica marcada pelo surgimento de 26 novos casos, num dia em que há também mais 7 recuperados.

No concelho de Rio Maior até ao momento foram reportados 988 casos de Covid-19, sendo que destes 679 estão já recuperados, 290 mantém a infeção ativa e 19 acabaram por falecer, 16 deles idosos, e os outros três referentes a pessoas na casa dos sessenta anos.

Entretanto o Comércio & Notícias sabe que ao número de óbitos divulgados pelo ACES Lezíria há já mais duas vítimas mortais associadas à Covid-19, tratando-se de uma octogenária utente do Lar do Casal da Velha, na freguesia de Alcobertas, concelho de Rio Maior, e também de um homem na casa dos cinquenta anos que faleceu no Hospital de Santarém, devendo nos próximos dias os óbitos ser adicionados ao mapa epidemiológico do concelho de Rio Maior.

Segundo o Agrupamento dos Centros de Saúde da Lezíria no concelho de Rio Maior encontram-se hoje 383 pessoas em vigilância ativa, mais 66 comparativamente ao dia de ontem.


PUB.


Dos 21 concelhos do Distrito de Santarém apenas cinco têm mais casos ativos do que Rio Maior, são eles Benavente (294), Ourém (576), Santarém (555), Tomar (368) e Torres Novas (434).

Santarém é o concelho da Lezíria do Tejo com mais casos ativos (555), segue-se o concelho de Rio Maior (290), Almeirim (206), Salvaterra de Magos (176), Cartaxo (77), Coruche (71), Chamusca (69), Golegã (35) e Alpiarça (30).

No distrito de Santarém o número de casos de Covid ascende já os 14.800 casos, sendo que se mantém ativos cerca de 4.500. Até ao momento há a lamentar 311 óbitos no distrito.

A nível nacional registo hoje para mais 159 vítimas mortais, sendo este o pior dia em Portugal. Esta sexta-feira foram reportados 10.663 novos casos. Há também hoje mais 6.458 recuperados.


PUB.


248 visualizações0 comentário
  • comercioenoticias

Faleceu no Hospital Distrital de Santarém o Exm.º Senhor Jacinto Manuel Soares Vieira, com 54 anos. Era casado com a Exm.ª Senhora Alda Rodrigues Leonor Vieira.

Era residente na Rua Marcolino Sequeira Nobre, 1.º Dt.º, Rio Maior.

Em virtude da situação criada pelo COVID-19, não se realiza o habitual velório do corpo em câmara ardente.

O funeral realiza-se: sábado, 16 de janeiro de 2021, às 15:30 horas, no cemitério de Rio Maior, sendo restrito à família direta.

A família agradece, desde já, a todas as pessoas das suas relações e amizade, que de alguma forma manifestaram o seu pesar pelo falecimento do seu ente querido.

Deverão ser respeitadas as orientações da DGS para locais de recepção de público em geral Obrigatório utilização de máscara / Viseira

Manter o distanciamento +- 2 mts.


PUB.


4,550 visualizações0 comentário

As micro e pequenas empresas da Lezíria do Tejo que pretendam realizar investimentos até 235 mil euros para expansão e modernização da produção, podem já candidatar-se ao Programa de Apoio à Produção Nacional, cujas candidaturas para este território também já abriram. As empresas interessadas em conhecer o Programa podem inscrever-se gratuitamente na sessão de esclarecimentos agendada pela NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém para a próxima segunda-feira, pelas 14h30.

A NERSANT vai realizar na próxima segunda-feira, pelas 14h30, uma sessão de esclarecimentos online de presença gratuita para dar a conhecer o Programa de Apoio à Produção Nacional, cujas candidaturas para o território da Lezíria do Tejo abriram no passado dia 14 de janeiro.

O aviso, que prevê apoiar investimentos de micro e pequenas empresas entre os 20 mil e os 235 mil euros, tem como objetivo estimular a produção nacional, pelo que terá enfoque no setor industrial e no setor do turismo. Neste contexto de necessidade de estimular a retoma económica, o Programa vem, assim, apoiar a aquisição de máquinas, equipamentos, serviços tecnológicos/digitais, sistemas de qualidade e sistemas de certificação que alterem os processos produtivos das empresas, apoiando-as na transição digital, na transição energética, na introdução de processos de produção ambientalmente mais amigáveis e que sejam, simultaneamente, um estímulo à produção nacional, de modo a promover melhoria da produtividade das empresas num contexto de novos modelos de negócios. O apoio no âmbito deste Programa de apoio pressupõe, no entanto, a manutenção dos postos de trabalho, não havendo, no entanto, a exigência de criação de novos.


PUB.


Para além destes objetivos e prioridades, a NERSANT vai esclarecer ainda os interessados em investir através do Programa de Apoio à Produção Nacional, relativamente à natureza dos beneficiários, à área geográfica dos investimentos e aos setores de atividade elegíveis. Serão ainda conhecidos na sessão de esclarecimentos online, os critérios de elegibilidade e seleção, taxas de financiamento e prazos para a submissão de candidaturas ao Programa.

Os interessados em participar gratuitamente na sessão de esclarecimentos online da NERSANT sobre o Programa de Apoio à Produção Nacional devem inscrever-se na área Agenda do portal da NERSANT, em www.nersant.pt.

De referir que o aviso de candidatura a este Programa termina às 18h00 do dia 15 de fevereiro, pelo que as empresas interessadas em beneficiar do apoio deste Programa devem submeter as suas candidaturas o quanto antes.


PUB.


©2020 por Comércio & Notícias