©2020 por Comércio & Notícias

1/8
9670a051d701926d344165ba837fb3eb49b7f80f

1/8
thumbnail_cmb_20200322_35232.jpg

onde comer

bannered.png

A Escola EB 2,3 Marcelino Mesquita, no Cartaxo, e a Escola EB 2,3 D. Sancho I, em Pontével, foram referenciadas pelo Ministério da Educação para receber alunos cujos pais exerçam profissões em serviços considerados essenciais. A primeira receberá os alunos a frequentar do pré-escolar ao ensino secundário, e a segunda, receberá crianças do pré-escolar, ao 3.º Ciclo.

A partir de amanhã, dia 1 de abril, a Escola EB 2,3 Marcelino Mesquita, vai receber sete crianças, entre os 6 e os 10 anos de idade, às quais se juntarão mais duas crianças, quando terminar o período de férias da Páscoa, que ainda está a decorrer.

Não existindo no concelho valência pública de creche, será o Jardim de Infância do Cartaxo a assegurar esta resposta social, recebendo, também a partir de dia 1 de abril, três crianças.

Os profissionais que se enquadrem nas profissões definidas na Portaria n.º 82/2020 de 29 de março, e necessitem de apoio enquanto as escolas se encontram encerradas, devem contactar os respetivos agrupamentos de escolas, ou a área de Educação e Juventude da Câmara Municipal, que está disponível para fazer a ligação aos agrupamentos.


PUB.

As crianças poderão ficar nos estabelecimentos de ensino das 08h00 às 16h30, as refeições e as auxiliares de educação serão asseguradas pela Câmara Municipal.

As escolas de acolhimento estão disponíveis para filhos ou dependentes de profissionais de saúde, das forças e serviços de segurança e de socorro, incluindo os bombeiros voluntários, e das Forças Armadas, os trabalhadores dos serviços públicos essenciais, de gestão e manutenção de infraestruturas essenciais, bem como de outros serviços essenciais, cuja mobilização para o serviço ou prontidão obste a que prestem assistência aos mesmos, na medida em que estes trabalhadores possam ser mobilizados pela entidade empregadora ou pela autoridade pública.


No âmbito das medidas de contenção da Propagação do Covid-19, o Município do Entroncamento criou uma linha de apoio social de emergência COVID-19, para apoiar a população mais vulnerável do concelho.

Aquele município tem efetuado contactos telefónicos com todos os utentes portadores do Cartão Municipal do Idoso, no sentido de fazer chegar ao maior número de pessoas informação sobre esta linha de emergência social.


PUB.

Esta Linha de Apoio tem contando com a preciosa ajuda de voluntários que se quiseram juntar a esta causa, a qual poderá dar resposta a situações de apoio no âmbito da alimentação, aquisição de medicamentos e outras situações de 1.ª necessidade. Paralelamente ao apoio pretende-se sensibilizar a população mais vulnerável para a questão de permanência no domicílio como forma de se proteger e de ajudar a combater esta pandemia.

“Face ao enorme desafio com que nos deparamos, é urgente reforçar e ampliar esta Rede Social de Emergência, contando desde já com a colaboração de toda a Comunidade. Juntos Vamos Vencer este Combate!”, apela a autarquia do Entroncamento.

  • comercioenoticias

Ainda não são conhecidos os novos casos de Covid-19 registados hoje no Distrito de Santarém, sendo que segundo os últimos dados divulgados ontem, 30 de março, apontavam para 122 casos, tendo sido o dia em que se registaram mais novos casos, 31.

O caso mais preocupante é o do concelho de Benavente, onde só ontem ficaram a ser conhecidos 18 novos casos, a maioria deles trabalhadores da empresa Marinhave.

O concelho de Benavente soma agora 25 casos de Covid-19 e apenas é superado pelo de Santarém que ontem registou 4 novos casos e que tem agora 26.


PUB.

Os 122 casos registados no Distrito de Santarém estão distribuídos da seguinte forma:

Lezíria do Tejo: Santarém (26), Benavente (25), Cartaxo (13), Almeirim (9), Coruche (5), Rio Maior (4), Alpiarça (3) e Salvaterra de Magos (1).

Médio Tejo 36: Tomar (9), Abrantes (7), Ourém (7), Torres Novas (5), Alcanena (3), Vila Nova da Barquinha (2), Constância (1), Sardoal (1) e Ferreira do Zêzere (1).

Chamusca, Entroncamento, Golegã e Mação não registam qualquer caso até ao momento.

De referir ainda que no Distrito de Santarém já morreram duas pessoas com a Covid-19, um homem de 68 anos de idade residente no concelho de Alcanena e outro de 95 residente em Tomar.

Periodicidade: Diária

31-03-2020

Banner Riomagic.jpg