Periodicidade: Diária

7/4/2022

276016972_3105708176363582_8087277106571559118_n.jpg
4864147094_6bfb85bb98_z.jpg

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8
IMG_7648.jpg
image.jpg

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/6
279340808_964045124298627_1316792858574611964_n.jpg
Dia-da-crianca_2.jpg

press to zoom
Lino Martins - site
Lino Martins - site

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7

onde comer

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/11
telefonesuteis.jpg
bannered.png
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg

Pelas mãos do conceituado empresário do ramo da restauração, Sérgio Pinto da Costa, abriu na última semana, “O Cantinho do Sérgio”, na Freiria – Rio Maior, onde antigamente era “O Cantinho do Miguel”.

Com três restaurantes no Cartaxo, Sérgio Pinto da Costa, ligado a esta área há mais de 35 anos, decidiu agora aposta em Rio Maior, prometendo naquele típico espaço servir aos clientes o melhor da gastronomia nacional.

No “Cantinho do Sérgio” os clientes podem se deliciar com os Risotos de Camarão e de Cogumelos, o Tornedó au Poivre, o Bife ao “Cantinho do Sérgio” c/ Cebola Roxa, Sopa da Pedra, Sopa de Peixe, Secretos, Picanha, Lagartos, Bacalhau à “Cantinho do Sérgio”, para além do Peixe Fresco.

Com capacidade para 40 pessoas o “Cantinho do Sérgio” está aberto de terça-feira a domingo, aos almoços entre as 12h00 e as 15h00, e aos jantares entre as 18h30 e as 22h00, estando esta segunda-feira, excecionalmente, também aberto à hora de almoço.

Venha conhecer este novo espaço na Rua da Aberta, em Freiria – Rio Maior, e delicie-se com os seus saborosos pratos.



347 visualizações0 comentário

No âmbito da transferência de competências para os órgãos municipais e para as entidades intermunicipais pelo Decreto de Lei n.º 55/2020, de 12 de agosto, para efeitos de Rendimento Social de Inserção (RSI) o Município de Santarém assinou protocolos com cinco entidade esta sexta-feira, 1 de julho, pelas 15h30 no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Ricardo Gonçalves, Presidente da Câmara Municipal de Santarém, congratulou o trabalho desenvolvido pelas equipas das cinco entidades, lembrando a sua importância na resolução dos problemas socias no Concelho. O Presidente referiu ser uma mais valia, o Modelo de Atendimento e Acompanhamento Social Integrado do Município de Santarém, visto que existe conhecimento adquirido na experiência da relação estabelecida destas Entidades com os Munícipes/beneficiários, bem como o conhecimento detalhado dos territórios. Contudo, houve a necessidade de uniformizar o funcionamento e promover a interligação das equipas de RSI e do Serviço de Atendimento e Acompanhamento Social (SAAS).

Os protocolos assinados com a Associação de Desenvolvimento Social e Comunitário de Santarém, o Centro Social Interparoquial de Santarém, a Santa Casa da Misericórdia de Santarém, a Cruz Vermelha Portuguesa - Centro Humanitário Santarém/ Cartaxo e a Santa Casa da Misericórdia de Pernes pressupõe a transferência mensal de verbas para as Entidades, relativamente aos encargos de funcionamento e ao quadro de pessoal afeto aos serviços.


PUB.


Esta transferência enquadra-se numa estratégia global de descentralização por parte do Administração Central, assumindo que as autarquias locais são uma estrutura fundamental para a gestão se serviços públicos numa dimensão de proximidade.

O Município passa a assumir um Modelo de Atendimento e Acompanhamento Social Integrado de Santarém (MAASIS), que pretende uniformizar o funcionamento e promover a interligação das equipas protocoladas com o Município, a fim de assegurar o eficaz e eficiente apoio e acompanhamento ao(à)s munícipes/ beneficiário(a)s no sentido da sua autonomia de vida. O MASSIS prevê ainda a proteção do(a)s munícipes/ beneficiário(a)s que se encontrem numa situação de vulnerabilidade social e económica grave.

Os horários e locais de atendimento das equipas mantêm-se, e o requerimento do RSI continua a ser feito junto dos serviços do Centro Distrital de Santarém, ISS.IP.


PUB.


8 visualizações0 comentário

Militares da GNR do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), no dia 29 de junho, detiveram um homem de 54 anos por violência doméstica, no concelho de Peniche.

No decorrer de uma investigação por violência doméstica, os militares da GNR apuraram que o suspeito infligiu, de forma reiterada, agressões físicas e psicológicas contra as vítimas, nomeadamente a sua companheira de 48 anos e um filho de 19 anos.

O detido foi presente ao Tribunal Judicial da Leiria, no dia 30 de junho, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de proibição de contactos com as vítimas, proibição de permanecer nos locais de residência ou nos seus locais de trabalho, ficando ainda sujeito a medida de controlo à distância, controlado por pulseira eletrónica.


PUB.


A GNR relembra que a violência doméstica é um crime público e denunciar é uma responsabilidade coletiva. Se precisar de ajuda ou tiver conhecimento de alguma situação de violência doméstica participe:

• No Portal Queixa Eletrónica, em queixaselectronicas.mai.gov.pt;

• Via telefónica, através do número de telefone: 112;

• No Posto da GNR mais próximo à sua área de residência, tendo os nossos contactos sempre à mão em www.gnr.pt/contactos.aspx

• Na aplicação App MAI112 disponível e destinada exclusivamente aos cidadãos surdos, em http://www.112.pt/Paginas/Home.aspx

• Na aplicação SMS Segurança, direcionada a pessoas surdas em www.gnr.pt/MVC_GNR/Home/SmsSeguranca


PUB.


109 visualizações0 comentário