Periodicidade: Diária

5/27/2022

280478078_323163959964327_568865233638610694_n.jpg
275471876_366162695392665_4166109069838092665_n (1).jpg
279340808_964045124298627_1316792858574611964_n.jpg
278745561_10217313450828020_2629692810768362738_n.jpg

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7
Design_sem_nome__52_.png

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/6

press to zoom
Lino Martins - site
Lino Martins - site

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8
280764220_136369418977965_443702769512452693_n.jpg

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

onde comer

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/11
telefonesuteis.jpg
bannered.png
Festival da Codorniz.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg

A inauguração das obras de requalificação do Centro de Negócios e Inovação de Rio Maior (CNIRM) teve lugar, na tarde de ontem, em mais um evento inserido no programa das comemorações do seu 9.º aniversário.

Numa cerimónia que contou com a presença de várias entidades, parceiros institucionais, empresários e representantes de órgãos autárquicos, estiveram no tradicional descerrar da placa, o Presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Filipe Santana Dias, o seu vice-presidente, Lopes Candoso, as vereadoras Carla Dias e Susana Gaspar, o secretário da Assembleia Municipal, Carlos Neto e o diretor do CNIRM, Nuno Malta.


PUB.


Após esse momento seguiu-se uma visita guiada às renovadas instalações, tendo os convidados sido recebidos nas empresas "Wegoshare" e "Ontri Sports", sediadas naquele Centro de Negócios.

A terminar o programa, que se iniciou com um “Dia Aberto à População”, teve lugar um Seminário que contou com as intervenções do Presidente da Câmara e do Diretor do CNIRM, do vice presidente Lopes Candoso, que fez as apresentações “RM Invest” e “CNIRM, Passado e Futuro” e de José Vale, do IAPMEI, que abordou o tema “Iniciativas de Apoio ao Empreendedorismo e à Inovação Empresarial”.


PUB.


78 visualizações0 comentário

O Município de Santarém assinou o protocolo com a Associação de Familiares e Amigos do Doente Psicótico (Associação FARPA) e com o Centro de Solidariedade Social de Santarém (CCD Social de Santarém) para a cedência de instalações na Av. António Maria Batista, n.º 3, no rés do chão e no 1º andar, respetivamente.

A cerimónia foi presidida por Ricardo Gonçalves, Presidente da Câmara Municipal de Santarém, que enalteceu o momento, “estamos a dar um passo importante para as vossas instituições, mas sobretudo um passo que irá melhor a resposta que, em conjunto, prestamos à comunidade”.


PUB.


João Teixeira Leite, Vice-presidente da Câmara Municipal de Santarém (CMS) com o pelouro do Património, Luís Galrinho, Presidente da CCD Social de Santarém, e Filipa Martinho, Diretora da Associação FARPA, rubricaram os acordos que vão permitir a ambas as associações instalarem as suas sedes, no edifício que vão partilhar.

De referir que, o acordo com o CCD Social de Santarém prevê a cedência do espaço pelo prazo de dois anos e visa permitir atividades comunitárias, nomeadamente para fins sociais.

A acordo com a Associação FARPA contempla a cedência das instalações pelo prazo de três anos, com a utilização destinada, essencialmente, a atividades comunitárias, nomeadamente para fins sociais.


PUB.


35 visualizações0 comentário

A propósito dos 132 anos do Hospital de Alcobaça Bernardino Lopes Oliveira (HABLO), realizou-se na última segunda-feira, 23 de maio, no Salão Nobre desta instituição, uma sessão sobre "O poder das artes no processo de cura".

A sessão contou com intervenções do Centro Hospitalar de Leiria, da Sociedade Artística e Musical dos Pousos, da Banda de Alcobaça e da Câmara Municipal, representada pela Vice-Presidente Inês Silva. Foram apresentados projetos de intervenção social com recurso a técnicas de musicoterapia, estimulação sensorial, entre outros.

Como exemplos da ação municipal enquadrados nesta área de intervenção, Inês Silva apresentou os projetos "Teatro para Todos" e "Queremos Estar Consigo".

"É uma grande injustiça olhar a arte e a cultura numa perspetiva despesista e de mero entretenimento. São projetos como estes que demonstram o quão importante são as artes na criação de memórias e de laços, na formação cívica das pessoas, na mitigação da dor crónica, no apoio a pessoas em fim de vida ou com deficiência, etc", sublinhou a autarca na sua intervenção de encerramento da sessão.


PUB.


Sobre o projeto "Teatro para Todos"

O Teatro para Todos, partiu de uma iniciativa da Câmara Municipal de Alcobaça juntamente com o CEERIA - Centro de Educação Especial, Reabilitação e Integração de Alcobaça, à qual se juntaram o Solar de Cister, Centro Paroquial de Assistência de Nossa Senhora da Ajuda da Vestiaria e a Santa Casa da Misericórdia de Alcobaça.

A partir de uma atividade de cariz teatral, a iniciativa consiste em facultar aos intervenientes a oportunidade de partilha de experiências, motivadora da manutenção/desenvolvimento das capacidades mentais e motoras.

Usam-se textos e músicas evocadores das experiências comuns, preferencialmente trabalhadas de forma divertida, o que facilita a dramatização e contribui para a satisfação e o bem-estar dos participantes.

Recorrendo às experiências comuns e aos temas regionais, evidencia-se a herança histórico-cultural da nossa região, como forma de afirmação da identidade coletiva.

Constituída por sessões conjuntas semanais orientadas por dois monitores da CMA com a colaboração dos monitores de cada instituição participante, são alvo de continuidade ao longo da semana em cada instituição, acompanhadas pelos seus animadores.

O trabalho final consubstancia-se numa apresentação pública no fim de cada período anual, com possibilidade de repetições integrais ou parciais.

Esta parceria entre o Município, centros de dia, lares, centros de educação especial e público em geral combatem o isolamento e estimulam a integração e o envelhecimento ativo e saudável, melhorando o funcionamento cognitivo e a qualidade de vida.


Sobre o projeto "Queremos Estar Consigo"

Foi em maio de 2021 que arrancou o projeto “Queremos Estar Consigo”, uma iniciativa municipal de apoio às IPSS que procura dar continuidade aos serviços de dinamização cultural das instituições sociais do concelho de Alcobaça com recurso a ferramentas de videoconferência.

Esta iniciativa, conta também com a possibilidade dos utentes de serviços de apoio domiciliário e de lares poderem assistir e participar num conjunto de atividades lúdicas, culturais e de estímulo à atividade física através de tablets disponibilizados pelo Município às instituições de apoio social. Todas as semanas é disponibilizado um plano semanal de atividades que procura complementar a oferta das próprias instituições.

Deste modo, os utentes poderão participar nas atividades municipais de dinamização social e cultural da comunidade sénior e das IPSS, dando continuidade a todo um trabalho que vinha a ser desenvolvido ao longo dos últimos anos pela autarquia.

Com a disponibilização de tablets às IPSS, criam-se as condições para a implementação de valências como:

- Comunicação entre utentes e respetivos familiares através de videoconferência, em contextos de celebração de épocas festivas, dias de aniversário, entre outras.

- Realização de visitas guiadas a espaços de interesse cultural e social, transmitidas em direto por videoconferência.


PUB.



18 visualizações0 comentário